Blog dedicado a Portuguesa Carioca!

Volte sempre para saber notícias do clube da Ilha do Governador, clube tão tradicional do futebol Carioca.

Telefone do clube 2462-3133.


quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Portuguesa Carioca - 87 anos!

No último dia 17 de Dezembro de 2011, a Portuguesa completou 87 anos de existência.

A data festiva foi comemorada no salão de festas da sede social do clube, após Missa celebrada na Capela Nossa Senhora de Fátima.


A festa contou com a apresentação de Grupos caracteristicamente portugueses e homenagens a colaboradores e autoridades, além do tradicional bolo de aniversário.



Desejamos ao clube da Ilha do Governador cada vez mais sucessos e conquistas.


Parabéns, Associação Atlética Portuguesa!

sábado, 19 de novembro de 2011

Divulgada tabela da segundona de 2012

A Portuguesa Carioca fará sua estreia no Carioca da série b de 2012 contra o Imperial (antigo Estácio de Sá), no dia 04 de fevereiro, às 16h, em Petrópolis.


Lembrando que a Lusa Carioca caiu no grupo B, juntamente com Imperial, Audax, Sampaio Corrêa, Goytacaz, Cabofriense, Angra dos Reis, São João da Barra, America e Juventus.


Confira a tabela completa, com turno e returno, no link abaixo.

Tabela - Grupo B 2012

Edson Souza retorna à Portuguesa Carioca

O técnico Edson Souza acertou seu retorno à Portuguesa Carioca e comandará a equipe principal da Lusa no campeonato Carioca da série b de 2012.

Edson treinou o time da Ilha do Governador na temporada de 2011 por 5 jogos. No total, foram 3 derrotas, 1 empate e 1 vitória.

 Na época, Souza rescindiu seu contrato para dirigir a equipe do Sendas, atual Audax Rio.

(Foto: Carlos Junior)

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Série B 2012

No último mês de outubro, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro divulgou a tabela do Campeonato Carioca da série B 2012.

Pela competição de 2011, a Lusa Carioca terminou na 6ª colocação no geral com 29 pontos em 22 jogos em um total de 21clubes (contando com a exclusão do Aperibeense ainda na 1 fase do torneio).

Bonsucesso e Friburguense, campeão e vice da competição, respectivamente, conseguiram o acesso à elite do futebol Estadual.
Em 2012, a primeira fase da competição contará com os seguintes grupos:

GRUPO A:

Artsul, Barra Mansa, Carapebus, Ceres, Mesquita, Quissamã, Rio Branco, São Cristóvão, Serra Macaense, Teresópolis e Tigres do Brasil

GRUPO B:

América, Angra dos Reis, Audax (antigo Sendas), Cabofriense, CFZ, Estácio, Goytacaz, Juventus, PORTUGUESA, Sampaio Corrêa e São João da Barra. 

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Explicação

Amigos leitores,

ao dar início a este blog relacionado à Portuguesa Carioca, nunca imaginaria a enorme proporção que este tomaria.

Fico feliz ao saber que a Lusa possui torcedores apaixonados e que buscam informações sobre o clube aqui neste portal.

Contudo, nunca quis também dar um caráter pessoal a este blog, visto que não queria e não quero que questionem a imparcialidade do meu texto.

Mas, esta ocasião merece que eu venha publicamente me explicar.

Repito e repetirei quantas vezes forem necessárias: meu blog é totalmente independente. Em outras palavras, não sou contratada da Portuguesa, mas sou agradecida a todos do clube que já me ajudaram a continuar fazendo este trabalho que gosto bastante.


Já passei da minha época de rádio, em que cobria a Lusa Carioca. Hoje em dia, mantenho apenas o blog e algumas redes sociais do clube, juntamente com membros da torcida.

Não desejo mudar o rumo que o blog tomou, mas, seguindo conselhos, e após todos os ocorridos recentemente, tornarei os comentários moderados. Ou seja, comentários anônimos não serão mais aprovados, desde críticas a elogios.

Não é uma grande mudança, mas evita futuros problemas para todos nós e todos ficam cientes da mudança.

Espero que continuem comentando as postagens, a única diferença é que, em vez de de postar "anônimo", basta selecionar a opção "conta do google" (por exemplo) e registar seu nome. 


Reforço dizendo que TODOS os comentários serão lidos, mas somente os assinados serão publicados.

Qualquer dúvida, comente ou mande um email para portuguesa_carioca@hotmail.com .

Agradeço a compreensão de todos e espero que voltem sempre!

Um grande abraço.

Aline Farias

sábado, 8 de outubro de 2011

Portuguesa encerra OPG com derrota para Macaé

Encerrando a Taça Otávio Pinto Guimarães, a Portuguesa Carioca recebeu o Macaé, na tarde deste sábado, e perdeu por 2 a 1.

O 1º tempo foi marcado por muitos passes errados e um ligeiro domínio da Lusa, que teve as melhores oportunidades da etapa inicial.

Contudo, quem abriu o placar foi a equipe visitante. Após ter uma chance clara de balançar as redes, ao colocar uma bola na trave, o Macaé fez seu primeiro gol em cobrança de pênalti.

Veio a etapa complementar, e os papéis se inverteram: com a vantade no marcador, o Macaé que dominava as ações ofensivas e a Portuguesa se defendia.

O Macaé fez o 2º gol após falha individual da zaga Lusitana.

Sem chances de classificação, a Lusa buscava conquistar, ao menos, uma vitória na competição.

Ronan, de cabeça, ainda descontou no final da partida, mas o time da Ilha não conseguiu empatar.

Com o resultado, a Lusa chegou ao final da competição na lanterna do grupo B, com apenas 2 pontos conquistados em 8 jogos, total de 2 empates, 6 derrotas e nenhuma vitória.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

OPG - Lusa arranca empate contra o Madureira

Em jogo válido pela 3ª rodada do returno da OPG, a Portuguesa enfrentou, em casa, o Madureira e empatou por 2 a 2.

O time visitante abriu o placar antes dos 20 minutos, em um lance polêmico. O atacante do Madureira chutou, o goleiro Douglas defendeu e no rebote, mandou para o fundo das redes. O auxiliar marcou impedimento do ataque do tricolor suburbano, mas o ábitro assumiu a responsabilidade e validou o gol.

A Lusa empatou em uma jogada confusa dentro da área. Anderson chutou, a bola desviou em Pezão e entrou.

O Madureira voltou à frente do marcador no final da primeira etapa resultado de uma cobrança de pênalti.

A Portuguesa só conseguiu arrancar o empate nos acréscimos do 2º tempo. Anderson bateu penalidade máxima e converteu.

A Lusa volta a campo no próximo dia 8/10, às 15h, no Luso Brasileiro, pela última rodada do Torneio.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

OPG - Portuguesa é derrotada por Flamengo

Jogando pela 2ª rodada do returno, a Portuguesa foi à Gavea e perdeu por 2 a 1 para a equipe rubro-negra.

Com o resultado negativo, a Lusa permanece com apenas 1 ponto conquistado na competição, empate contra o Artsul ainda na 1ª rodada da competição.

O Flamengo abriu o placar logo aos 6 minutos da etapa inicial com o camisa 10 Pedrinho.

O time da Ilha do Governador alcançou o empate ainda no 1º tempo, com Jonatas.

Mas, na etapa final o Flamengo fez o seu 2º gol, que deu números finais à partida, aos 18, com o centro-avante Nixon.

A próxima partida da Portuguesa Carioca será nesta quarta-feira, às 15h, contra o Madureira no Estádio Luso Brasileiro.

sábado, 17 de setembro de 2011

OPG - Derrota para Artsul

Após perder, sábado passado, para o Macaé por 3 a 1, fora de casa, a Lusa voltou aos gramados neste sábado, dia17/09, fora de casa e sofreu mais um revés.

Dessa vez, a derrota foi para o Artsul, por 2 a 1.

A Lusa abriu o placar aos 36 minutos da etapa inicial com o atacante Willian.

O Artsul só conseguiu o empate e a virada nos acréscimos do 2º tempo. O árbitro da partida deu 7 minutos de acréscimo e aos 46, Gustavo empatou a partida.

Vale ressaltar que, a esta altura do jogo, Anderson, camisa 10 da Lusa e Edinaldo haviam sido expulsos pelo árbitro aos 27 minutos da etapa final. O lateral direito Felipe, da Portuguesa, também foi para o chuveiro mais cedo, um minuto antes de Gustavo igualar o marcador, aos 45.

Aos 49, veio a virada dos donos da casa.Walace fez o 2º do Artsul.

Com o resultado, a Lusa segue na lanterna do grupo B com apenas 1 ponto conquistado em 5 jogos.

A próxima partida será dia 24/09, às 15h, contra o Flamengo, na Gávea.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

OPG - Madureira vence Portuguesa

Em jogo válido pela 3ª rodada do turno da OPG, a Portuguesa Carioca foi à rua Conselheiro Galvão e perdeu por 3 a 0 para a equipe do Madureira.

Os 3 gols dos mandantes aconteceram ainda nos primeiros 45 minutos de jogo.

Aos 11 minutos Esdras abriu o placar para o Madureira. Aos 35, foi a vez do zagueiro Thiago ampliar o marcador e fechando o placar e o primeiro tempo, o meia Ramon, aos 45 minutos, fez o 3º gol da partida e do Madureira.

Na 2ª etapa, a Lusa buscava a reação mas não concretizava em gols.

Na rodada de sábado, a Portuguesa fica de folga e volta aos gramados somente no dia 10/09, às 13h, contra o Macaé, no estádio Claudio Moacyr, em Macaé.

Ficha Técnica:

Madureira 3 x 0 Portuguesa

Local: Conselheiro Galvão
Dia: 31/08/11 - 10h

Gols: Esdras, Thiago e Ramon (MAD)

Árbitro: Daniel Victor Costa Silva
Assistentes: Thiago Henrique Neto Correa Farinha e Daniel de Oliveira Alves Pereira

Madureira:
Jonathan, Tamaré, Daniel, Thiago e Gustavo; Felipe, Ramon (William), Wesley e Fabinho (Geovane); Janderson (Gilson) e Esdras.
Técnico: Luiz Cláudio

Portuguesa:
Douglas, Felipe, Pezão, Cauê e Jonatas; David, Ronan, Teffer (Caio) e Anderson; Wallace (Lucas) e Tauan (Willian).
Técnico: Armênio

sábado, 27 de agosto de 2011

OPG - Lusa perde para Flamengo

Após estrear com um empate por 2 a 2 com o Artsul, em casa, a Lusa enfrentou o Flamengo, também no Luso Brasileiro, e perdeu por 2 a 1.

A primeira etapa foi bastante equilibrada e com ambas as equipes criando poucas oportunidades de gol.

A Lusa assustou em duas oportunidade a meta do goleiro flamenguista. Primeiramente em um chute de Jonatas que desviou na zaga do Flamengo e em outro arremate, dessa vez de Ronan, do bico da pequena área.

Porém, o time da Gávea abriu o placar logo na 1ª oportunidade que teve. Aos 29 minutos, Fernandinho fez jogada individual pela esquerda, chutou cruzado e o goleiro Douglas não conseguiu fazer a defesa.

Mas a Portuguesa partiu pra cima e empatou 3 minutos depois. Teffer fez
excelente jogada indivudual, driblou a zaga adversária e chutou, deixando o placar em 1 a 1.

Veio a 2ª etapa e a Portuguesa voltou melhor. Logo aos 3 minutos do 2º tempo, Anderson chutou forte, de fora da área e acertou o travessão.

Mas, a reação Lusitana parou aos 13 minutos. Felipe, do Flamengo, alçou uma bola despretensiosa na área e o goleiro Douglas, ao tentar defender, falhou e deixou a bola passar entre suas mãos. Os jogadores ainda reclamaram que a bola não havia ultrapassado a linha, mas o árbitro, acompanhando a marcação de seu assistente, validou o gol.

Com o placar favorável, o Flamengo se fechou e não deixou a Portuguesa jogar.

Cauê ainda assustou em um cabeçada, mas já não havia mais tempo para o empate. Com o resultado, a Lusa permacene com apenas 1 ponto conquistado e enfrenta, fora de casa, o Madureira, na próxima quarta-feira.

Ficha Técnica:

Portuguesa 1 x 2 Flamengo


Local: Luso Brasileiro

Dia: 27/08/11 - 15h


Gols: Fernandinho e Felipe (FLA) e Teffer (POR)


Árbitro: Marcio de Almeida Rocha

Assistentes: Fernando Antonio da Silva e Francisco dos Santos Ferreira


Portuguesa:

Douglas, Felipe, Pezão, Cauê e Jonatas (Alexandre); David, Ronan, Teffer (Pelé) e Anderson Kunzel; Tauan (Jocinei) e Wallace.

Técnico: Armênio


Flamengo:

Douglas, Sérgio, Matheus, Pablo e Felipe; Jorginho, Michel, Elivelto e Jonas (Falque); Ricardinho (kaká) e Fernandinho (Carlyle)

Técnico: Tuninho Barroso

sábado, 20 de agosto de 2011

OPG - Portuguesa estreia com empate


A Portuguesa fez sua estreia na tarde deste sábado, no Luso Brasileiro, contra o Artsul e empatou por 2 a 2.

Contando com 3 jogadores profissionais, com idade até 23 anos: Anderson Kunzel, Cauê e Tauan, a Lusa abriu o placar

logo no começo do 1º tempo.

Aos 7 minutos, Cauê marcou de cabeça, resultado de cruzamento da direita.

Até então, a Portuguesa dominava as ações
ofensivas, mas aos 17, os visitantes chegaram a igualdade no marcador.

A bola sobrou, no bico da grande área, para o zagueiro Rodrigo que chutou e empatou a partida.

Com o gol do Artsul, o jogo ficou mais equilibrado e as duas equipes tiveram chances de fazer o 2º gol ainda no 1º tempo.

Anderson Kunzel acertou o travessão num belo chute de fora da área. Já pelo Artsul, Walace recebeu na meia lua, tocou de voleio, mas o goleiro Douglas fez excelente defesa, colocando a bola pela linha de fundo.

Veio o 2º tempo e o jogo começou morno.

Porém, após a parada técnica, os visitantes viraram a partida. O camisa 18, João Mendonça, que acabara de entrar, driblou a zaga e chutou fazendo 2 a 1 para o Artsul.

A partir daí, a Lusa partiu pra cima e chegou ao empate após Willian sofrer pênalti do goleiro Diego Andrade. Na cobrança, o próprio Willian fez o 2ª gol da Portuguesa.

Ainda deu tempo de 2 atletas serem expulsos. Ramon, do Artsul, fez falta violenta e levou o cartão vermelho direto. Pela Lusa, Willian reclamou exacerbadamente da arbitragem e foi expulso.

A Lusa volta a campo no próximo sábado (27/08), às 15h, no Luso Brasileiro contra o Flamengo.

Ficha Técnica:

Portuguesa 2 x 2 Artsul

Local: Luso Brasileiro
Dia: 20/08/11 - 15h

Gols: Cauê e Willian (POR) e Wallace e João Mendonça (ART)

Árbitro: Diego Henriques Gandara
Assistentes: Reinaldo Delmiro Costa Filho e Diogo José dos Santos Araújo

Portuguesa:
Douglas; Caio, Vinícius (Yan) e Cauê; Felipe, Ronan (Teffer), David, Anderson Kunzel e Jonatas; Tauan (Wallace) e Willian.
Técnico: Armênio

Artsul:
Diego Andrade; Bruninho, Rodrigo, Diego e Carlos; Cayo, Wladimir (Ramon), Anderson (Gustavo) e Paulinho; Wallace e Brum (João Mendonça).
Técnico: Hermonzilha Souza

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Divulgada tabela da OPG

Sem competições na categoria profissional até o fim do ano, a Portuguesa disputará o torneio Otávio Pinto Guimarães, pela categoria de Juniores, que tem início no próximo dia 20 de agosto.

A Lusa Carioca está no grupo B, juntamente com Flamengo, Madureira, Artsul e Macaé.

Os outros grupos são: A: Vasco da Gama, Friburguense, Olaria, São Cristóvão e Nova Iguaçu, C: Fluminense, Volta Redonda, Barra Mansa, Ceres e Bangu e D: Botafogo, Serra Macaense, America, Cabofriense e Sendas.

A estreia da Portuguesa será sábado, dia 20/08, contra o Artsul, no estádio Luso Brasileiro.

A novidade é que 3 jogadores acima da idade de juniores jogarão esta competição. O zagueiro Cauê, o atacante Tauan e o lateral direito Anderson estão relacionados para a OPG.

Veja a tabela do Grupo B:

http://www.fferj.com.br/Sitenovo/2008/Campeonatos2011/OPG/Tabelagrbopg.asp

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Fora de casa e de virada, Portuguesa vence Ceres

Encerrando sua participação no Campeonato Carioca da série B 2011, a Portuguesa foi a Bangu enfrentar o Ceres e venceu por 2 a 1, de virada.

Os mandantes saíram na frente ainda no começo do 1º tempo. Igor recebeu livre na entrada da área, a defesa Lusitana parou, pedindo impedimento, e o atacante do Ceres chutou, fazendo 1 a 0.

A Lusa empatou e virou na etapa final. Alan Fernandes, ainda do campo de defesa da Portuguesa, lançou Jhonatan que beteu de perna direita e empatou o marcador.

O gol da virada veio dos pés de Luan que chutou na saída do goleiro após bela tabela com Maycon.

Com o resultado positivo, a Portuguesa chegou aos 29 pontos, terminando a competição no 6º lugar, assegurando vaga na Copa Rio 2012.

sábado, 23 de julho de 2011

Em jogo movimentado, Portuguesa empata com Friburguense

A Portuguesa entrou em campo hoje contra um Friburguense que veio à Ilha do Governador disposto a subir para a elite do estadual e gritar ‘É campeão’.

Porém, a Lusa, buscando ficar entre os 6 primeiros, conquistando assim uma vaga na Copa Rio 2012, atrapalhou parci
almente os planos do Tricolor da serra.

O resultado de 1 a 1 fez com que os visitantes subissem para a 1ª divisão com uma rodada de antecedência, assim como o Bonsucesso, mas não saíssem com o título nesta rodada.

A 1ª etapa foi mais cadenciada, com bastante toque de bola no meio de campo.

E, quem esperava que o Friburguense dominasse a Lusa, se surpreendeu quando, aos 34 minutos, Anderson Kunzel, em cobrança de escanteio, cruzou e Pedrão, no 1º pau, cabeceou para abrir o placar em favor da Portuguesa.

Os visitantes não se abalaram e, a partir do gol, o jogo ganhou emoção.

Marquinhos perdeu chance incrível, de cabeça, após boa jogada do Friburguense pela direita com Zambi.

A Portuguesa buscava assustar nos contra-ataques e, com Givaldo, quase fez seu 2º gol, mas Marcos, goleiro do Friburguense, operou um milagre e defendeu o chute do atacante Lusitano.

Veio a 2ª etapa e o jogo foi outro: muita movimentação e ambas as equipes buscando o gol.

O tricolor empatou com Jorge Luiz aos 6 minutos após cobrança de falta.

Pela Portuguesa, Jhonatan e Anderson Kunzel levavam perigo à meta adversária. Pelo time serrano, Jorge Luiz e Zambi eram os mais perigosos.

Nos minutos finais, mais emoção: aos 37 minutos, a Lusa teve seu ala direito, Fábio, expulso e o Friburguense partiu pra cima.

Mas, o ímpeto dos visitantes esbarrava na excelente atuação do goleiro Douglas, substituto de Léo que teve uma indisposição antes da partida.

Com o placar, a Portuguesa alcança os 26 pontos, ocupando a 5ª colocação e enfrenta o Ceres, nesta quarta (27/07), fora de casa.

Ficha Técnica:


Portuguesa 1 x 1 Friburguense


Local: Luso Brasileiro
Dia: 23/07/11 – 15h


Gols: Pedrão (POR) e Jorge Luiz (FRI)


Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro

Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Diogo Carvalho da Silva


Portuguesa:

Douglas, Fábio, Haroldo, Allan Nicácio e Alan Fernandes (Giovani); Pedrão, Anderson Kunzel (Caio), Luan e Mayvon; Jhonatan e Givaldo (Willian)
Técnico: Robertinho


Friburguense:

Marcos, Sérgio Gomes, Cadão, Evair e Flavinho; Marquinhos (Leomir), Lucas, Marcelo e Rômulo (Jorge Luiz); Zambi e Ricardinho.

Técnico: Andreotti

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Portuguesa vence Barra Mansa

Jogando fora de casa, pela antepenúltima rodada do estadual, a Portuguesa enfrentou e venceu o Barra Mansa por 2 a 1.

O placar foi definido logo na 1ª etapa. A Lusa abriu o placar com Pedrão, de cabeça, após cobrança de escanteio de Maycon.

Os mandantes chegaram a empatar a partida, com um chute da meia-lua.

Mas, a Portuguesa logo voltou a mandar no marcador. Roubada de bola pela direita e cruzamento pra área. Em confusão, a bola sobrou para Mineiro que só empurrou a bola para o fundo das redes.

Com a vitória, a Lusa soma agora 25 pontos e sobe para a 6º colocação.

Sábado, a Lusa volta a campo contra o Friburguense, no Estádio Luso Brasileiro, a partir das 15h.

Pela categoria Júnior, a Lusa foi goleada pelo Barra Mansa por 4 a 0.

sábado, 16 de julho de 2011

Lusa é derrotada por Quissamã em casa

A Portuguesa enfrentou, na tarde deste sábado, o Quissamã, no Luso Brasileiro e perdeu pelo placar de 2 a 0.

Sem chances de subir à elite do Estadual neste ano, a Portuguesa busca as primeiras colocações para se classificar para a Copa Rio de 2012, enquanto o Quissamã ainda luta pelo acesso.

O 1º tempo da partida foi cadenciado e sem grandes emoções. O meia Maycon armava as jogadas Lusitanas, mas as oportunidades criadas não eram concretizadas em gol.

Foi nos últimos 45 minutos que surgiram as melhores chances e os gols da partida.

Logo no começo do 2º tempo, Pedrão cabeceou e o goleiro Ricardo, do Quissamã, espalmou.

Mas, aos 10 minutos, contra-ataque dos visitantes. A bola foi tocada para Diniz, que avançou, e tocou na saída de Douglas.

E o Quissamã não demorou mais que 2 minutos para ampliar o marcador. Cruzamento da direita, a bola sobrou para Wallace que não perdoou e marcou o 2º.

Com a derrota, a Lusa permanece com 22 pontos, caindo para a 8ª colocação.

O time encara o Barra Mansa, fora de casa, nesta quarta.

Ficha Técnica:

Portuguesa 0 x 2 Quissamã


Local: Luso Brasileiro

Dia: 16/07/11 – 15h

Gols: Diniz e Wallace (QUI)


Árbitro: Bruno Arleu de Araújo

Assistentes: Roberto Rito Schwarz e Marcos Sivolella do Nascimento


Portuguesa:

Douglas, Fábio, Allan Nicácio, Haroldo e Giovani; Pedrão, Mineiro (Alex), Luan (Anderson Kunzel) e Maycon; Quilder e Alan Jr (Jhonatan).

Técnico: Robertinho


Quissamã:
Ricardo, Bill (Willian), Dejair, Cássio (Diniz) e Maxwell (Folete); Juninho, Cleiton, Diguinho e Wallace; Vinicios e Catitu.

Técnico: Marcelo Costa

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Portuguesa abre 2 a 0, mas cede empate

Após abrir 2 a 0 sobre o Estácio de Sá, no Estádio de Moça Bonita, a Portuguesa Carioca cedeu o empate por 2 a 2.

Contando com as voltas de Mineiro e Maycon, a Lusa abriu o placar aos 22 minutos do 1º tempo.
Após boa jogada do time Insulado pela esquerda, Maycon recebeu e chutou para abiri o placar a favor da Portuguesa.

E foi uma primeira etapa de muitos gols perdidos por parte da equipe da Ilha do Governador.

No 2º tempo, mais uma vez, após a parada técnica, a Lusa ampliou. Jhonatahn fez boa jogada pela direita e cruzou para Maycon marcar seu 2º gol na partida, o 2º da Portuguesa.

Com a folga no placar, o time Lusitano parou de atacar. E, aproveitando falhas da equipe da Portuguesa, o Estácio diminuiu aos 30 do 2º tempo. Falta dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Na cobrança, bola no ângulo.

No fim da partida, o Estácio partiu em contra ataque e não desperdiçou a chance de empatar a partida.

Com o resultado, a equipe da Ilha, caiu para a 7ª colocação, com 22 pontos e enfrenta o Quissamã, em casa, neste sábado, às 15h.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Geral da Lusa #9

Para a coluna Geral da Lusa número 9, trazemos uma entrevista com o atual técnico Robertinho.

Ele, que era o técnico dos juniores, assumiu a equipe profissional após a saída de Edson Souza para o Sendas.

Robertinho retornará à equipe de juniores para a OPG, mas faz boa campanha na equipe principal: foram 7 jogos, 2 vitórias, 3 empates e 1 derrota.

Blog: Como está a motivação dos atletas para o final do campeonato?

Robertinho: Esse período de término de campeonato e de contrato é complicado. Muitos têm a perspectiva de ir para outros clubes, mas temos que buscar uma motivação extra, um foco, um novo objetivo. Mostrar que eles são atletas profissionais e, independentemente, de termos chances de subir ou não, nós buscamos a classificação pelo menos pra Copa Rio, que dá vaga na copa do Brasil e série d do brasileiro, fazendo com que os jogadores fiquem empregados o ano todo. Além disso temos 3 jogos muito motivantes, com Quissamã, Friburguense e Barra mansa, que são times que estão na nossa frente.

Blog: Caso a Portuguesa não suba, qual foi o erro do clube?

Robertinho: Falta de planejamento, pouca estrutura. Não tínhamos uma equipe definida. Após a chegada da nossa diretoria, tentamos arrumar a casa, mas já dentro da competição. Para ano que vem precisamos de uma pré temporada. E também acredito que o grande número de mudança de treinadores afetou muito o clube.

Blog: Como você trabalhará com a equipe no resto da competição?

Robertinho: A diretoria me deixou a vontade quanto a isso. Busco trazer atletas dos juniores e obeservar jogadores profissionais que ainda não foram aproveitados.

Blog: Qual o pensamento para o ano de 2012?

Robertinho: Temos que planejar para o ano que vem, ficar de olho nas categorias de base, porque são elas que vão dar frutos para a Portuguesa, são os meninos que vão ajudar a Portuguesa a subir, logicamente, com uma mescla com atletas mais experientes. Eles lutam, tem orgulho e vestir a camisa. Nós somos um clube de torcida e isso é muito importante.

sábado, 9 de julho de 2011

Portuguesa bate Tigres do Brasil

Com chances remotas de conseguir o acesso à 1ª divisão, a Portuguesa recebeu, neste sábado, o Tigres do Brasil e venceu o time de Xerém por 2 a 1. Com o resultado, a Portuguesa subiu para a 6ª colocação, somando agora, 21 pontos.

O Tigres entrou em campo com um time bem jovem e a Lusa, com os desfalques do zagueiro Cauê e dos meias Mineiro, Digão e Maycon.

Aos 30 minutos, a Portuguesa abriu o placar. Em cobrança de escanteio da direita, Quilder cabeceou e colocou a Lusa à frente no marcador.

Porém, os visitantes empataram logo na sequência. Seis minutos depois do gol Lusitano, a bola sobrou para Pedrinho, na marca do pênalti, sem marcação, estufar as redes do goleiro Léo, que retornou à equipe titular.

Na etapa final, o Tigres começou melhor e buscava a virada.

A pressão dos visitantes acabou quando, aos 17 minutos, Yuri, atacante do Tigres, levou o 2º amarelo e foi expulso.

No minuto seguinte, em jogada pela direita, a bola sobrou para Alan Jr, que cabeceou na trave.

O gol que deu números finais à partida aconteceu aos 25. Quilder tentou bater para o gol, mas furou e a bola acabou sobrando para Jhonatan que, de fora da área, chutou de primeira, marcando um belíssimo gol e colocando a Lusa novamente à frente no placar.

O próximo jogo da equipe da Ilha será, nesta quarta, contra o Estácio de Sá no estádio de Moça Bonita, às 15h.

Ficha Técnica:

Portuguesa 2 x 1 Tigres do Brasil


Local: Luso Brasileiro

Dia: 09/07/11 -15h


Gols: Quider e Jhonatan (POR) e Pedrinho (TIG)

Árbitro: Leonardo de Castro Moreira

Assistentes: Marcelo da Silva Cardoso e Daniel do Espírito Santo Parro


Portuguesa:
Léo, Davenilson (Jhonatan), Allan Nicácio, Haroldo e Gionavi; Pedrão, Luan, Anderson Kunzel e Bruno (Renanzinho); Quilder e Alan Jr (Givaldo).

Técnico: Robertinho


Tigres:

Hugo, Marquinhos, Pedro, Fernando e Augusto; Thiaguinho, Pedrinho, Ivan (Igor) e Welton; João Manoel (Marcelinho) e Yuri.

Técnico: Emanoel

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Lusa não supera vice-líder

Ainda sonhando com o acesso, a Portuguesa foi ao estádio Leônidas da Silva enfrentar o vice-líder Bonsucesso e perdeu por 2 a 1.

O jogo começou morno, com as duas equipes se estudando. Poucas chances de gol foram criadas na etapa inicial.

Aos 8 minutos, a 1ª boa jogada do jogo: Thiago Ramos, do Bonsucesso, invadiu pela direita e cruzou, Haroldo desviou e, por pouco, não enganou seu próprio goleiro.

O gol do Bonsucesso aconteceu no fim do 1º tempo. Aos 44, Juninho tentou bater de voleio, a bola acabou sobrando para Jordan que, de cabeça, abriu o placar.

Veio a etapa final e o Bonsucesso ampliou aos 18 minutos. Mais uma boa jogada de Juninho que cruzou para João Rodrigo que entrou livre e empurrou para o fundo das redes do goleiro Douglas.

Depois do 2º gol, o Bonsucesso passou a atacar menos e a Lusa tentou esboçar uma pressão.

A Lusa diminuiu aos 41 minutos. Renanzinho bateu falta, a bola desviou levemente no zagueiro PC e entrou.

Com 2 a 1 no placar, a Portuguesa caiu para a 7ª colocação com 18 pontos.

Ficha Técnica:

Bonsucesso 2 x 1 Portuguesa

Local: Estádio Leônidas da Silva
Dia: 06/07/11 – 15h

Gols: Jordan e João Rodrigo (BON) e Renanzinho (POR)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá
Assistentes: Marco Aurélio dos Santos Pessanha e Leonan Cardoso Berute

Bonsucesso:
Jaime, Vitor, PC, Jordan e Otaviano; Rony (Ratinho), Thiago Ramos (João Neto), Alex Sassá (Marcelinho) e Marco Goiano; Juninho e João Rodrigo.
Técnico: Manoel Neto

Portuguesa:
Douglas, Mineiro (Anderson Kunzel), Haroldo, Allan Nicácio e Giovani; Pedrão, Luan, Digão (Renanzinho) e Maycon; Quilder e Alan Jr (Jhonathan).
Técnico: Robertinho

No próximo sábado, a Lusa enfrenta o Tigres, em casa, às 15h.

sábado, 2 de julho de 2011

No Luso, Portuguesa vence Teresópolis

A Lusa conquistou sua 1ª vitória no returno desta fase final da série B, na tarde deste sábado. Após 4 empates consecutivos, a Portuguesa superou o Teresópolis pelo placar mínimo de 1 a 0.

Em um jogo monótono, com poucas emoções e poucas chances de go
l, a Portuguesa tinha suas melhores oportunidades com chutes de fora da área do meio campista Maycon.

Os goleiros, principalmente na etapa inicial, eram meros expectadores da partida.

A Portuguesa tinha maior posse de bola e o Teresópolis tentava chegar ao gol nos contra-ataques, mas não obtinha sucesso.

No 2º tempo, o panorama não mudou: jogo pouco movimentado.

Mas a Lusa abriu o placar após bela jogada de Alan Jr, que recebeu na direita, cortou o zagueiro e chutou, fazendo o gol único da partida.

O time da Ilha quase ampliou com Quilder, aos 35, mas o chute passou rente à trave direita do goleiro Bruno.

Com o resultado, a Portuguesa chega aos 18 pontos e enfrenta, quarta que vem, o Bonsucesso, fora de casa.

Ficha Técnica:

Portuguesa 1 x 0 Teresópolis


Local: Luso Brasileiro

Dia: 02/07/11 – 15h


Gol: Alan Jr (POR)


Árbitro: João Ênio Sobral

Assistentes: Gilberto Stina Pereira e Wander Luiz da Conceição


Portuguesa:

Douglas, Anderson Kunzel (Jhonatan), Haroldo, Alan Nicácio e Alan Fernandes (Giovani) ; Pedrão, Mineiro, Luan e Maycon; Quilder e Alan Jr (Renanzinho).
Técnico: Robertinho

Teresópolis:

Bruno, Weider, Marlon, Everton e Eduardo; Gustavo, Vitor, Tércio (André) e Willian; Fellipe e Hércules (Ygor).

Técnico: Flávio Annuziata

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Portuguesa vai a Macaé e fica no empate

Em jogo válido pela 3ª rodada do returno, a Portuguesa foi a Macaé enfrentar o Serra Macaense e empatou sem gols.

Com o resultado, a Lusa chega aos 15 pontos ganhos em 14 jogos, ocupando a 6ª colocação.

A Portuguesa foi ligeiramente superior na partida, mas não aproveitou as chances que teve durante todo o jogo.

Agora, o time da Ilha, enfrentará o Teresópolis, no Luso Brasileiro, às 15h.

Ficha Técnica:

Serra Macaense 0 x 0 Portuguesa


Local: Macaé

Dia: 29/06/11 - 15h


Árbitro: Estevão Cunha Trindade

Assistentes: João Luiz Coellho Albuquerque e Thales Algebaile Bondim


Portuguesa:

Douglas, Mineiro, Cauê (Alan Nicácio), Haroldo, Pedrão e Alan Fernandes; Pedrão, Anderson (jhonatan), Luan e Maycon; Alan Jr (Renan) e Quilder.
Técnico: Robertinho

sábado, 25 de junho de 2011

Em jogo movimentado, Portuguesa empata com Angra

A Portuguesa foi a Angra enfrentar os donos da casa e lanternas da competição e empatou por 2 a 2.

A partida começou com 15 minutos de atraso, devido a falta de policiamento e irregularidades no estádio, mas já começou movimentada.

Logo com 1 minuto e meio de jogo, o árbitro assinalou pênalti em favor do Angra dos Reis. Na cobrança, Thiago Abreu, para sorte Lusitana, isolou a bola.

Nos primeiros minutos, a Portuguesa não se apresentou bem em campo e, aos 14, Elias recebeu sozinho na esquerda, avançou e tocou na saída de Douglas, fazendo 1 a 0 para o Angra.


Três minutos depois dos mandantes terem aberto o placar, Willian chutou sem marcação e de forma despretensiosa da entrada da área e fez o 2º do Angra.

Depois do tempo técnico, a Portuguesa acordou para a partida. Aos 31, Quilder diminuiu o placar, de cabeça, após cruzamento de Anderson.

E a Lusa não demorou muito para empatar. Em jogada pela direita e cruzamento para a área, novamente de Anderson, a bola passou por Alan Júnior, mas não por Quilder que marcou seu 2º gol na partida, o 2º Lusitano.


A Lusa teve chance de virar ainda na etapa inicial. Alan Júnior recebeu, tentou driblar o goleiro, mas a bola sobrou para Anderson que chutou e obrigou o goleiro do Angra a fazer excelente defesa.

No 2º tempo, a Portuguesa continuava a buscar a vitória.
Aos 7, Thiago Abreu pôs a mão na bola, dentro da área, e o árbitro marcou pênalti, dessa vez para a Lusa. Anderson bateu e o goleiro defendeu.

Aos 20 minutos, aconteceu o 3º pênalti assinalado na partida. Falta dentro da área e penalidade máxima em favor do Angra. Willian bateu e carimbou a trave esquerda de Douglas.

Recuado, o Angra segurou o empate até o fim e, em seu próprio estádio, viu sua torcida gritar “olé” a cada passe certo da equipe Insulana.

Ficha Técnica:


Angra dos Reis 2 x 2 Portuguesa


Local: Jair Toscano – Angra dos Reis

Dia: 25/06/11 – 15h


Gols: Elias e Willian (ANG) e Quilder (2x) (POR)


Árbitro: Antonio Frederico Maciel dos Santos

Assistentes: José Carlos Batista de Arruda e Hildemar Dias de Oliveira Filho


Angra dos Reis:

Gustavo, Bruno Mota, Rafael, Wellington e Thiago Abreu (Emerson); Chiquinho (Robinho), Tomaz (Leonardo), Cícero e Willian; Nielsen e Elias.
Técnico: Carlos Alberto Freitas


Portuguesa:

Douglas, Mineiro (Willian), Elvis, Allan Nicácio e Alan Fernandes; Pedrão, Anderson Kunzel (Jhonatan), Luan e Maycon; Alan Júnior (Givaldo) e Quilder.

Técnico: Robertinho


A Portuguesa volta a campo nesta quarta-feira, às 15h, em Macaé, contra o Serra Macaense.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Tudo igual entre Portuguesa x Sendas

A Portuguesa fez, na tarde desta quarta-feira, sua estreia no returno do estadual da segundona e ficou no 1 a 1 com o Sendas, no Luso Brasileiro.

O time da Ilha, que reencontrou seu antigo técnico, Edson Souza, procurou seu gol logo nos minutos iniciais da partida, mesmo atuando com 4 desfalques na equipe titular: Pedrão, Digão e Alan Fernandes suspensos e William, machucado.

Aos 3, Luan roubou a bola no meio de campo e chutou rente a trave esquerda de Felipe, do Sendas, levando muito perigo.

O adversário assustou aos 25 minutos do 1º tempo. Jefferson cabeceou livre e obrigou Douglas a fazer difícil defesa.

Já nos minutos finais da 1ª etapa, Alan Jr. recebeu na direita, avançou e chutou cruzado, mas o goleiro Felipe espalmou para escanteio.

Aos 42, veio o gol Lusitano. Maycon fez belíssima jogada, passou pela zaga do Sendas e chutou forte, sem chance de defesa, fazendo 1 a 0 para a Portuguesa.

Na etapa final, o time de São João de Meriti pressionava buscando o empate, mas o goleiro Douglas se apresentava bem.

Aos 16 minutos, Castro, que entrou no intervalo, chutou de fora da área e o goleiro Lusitano defendeu.

Pouco depois da parada técnica, Jhonatan fez boa jogada em velocidade e cruzou para Alan Jr bater de primeira. A bola desviou na zaga e saiu pela linha de fundo.

O Sendas respondeu com Edson que, da marca do pênalti, chutou forte e exigiu, mais uma vez, boa defesa de Douglas.

O empate dos visitantes aconteceu aos 38 minutos. Fernandinho cobrou escanteio e o zagueiro Rafael Donato subiu mais alto e cabeceou, deixando tudo igual no placar.

Com o empate, a Portuguesa vai a 13 pontos e enfrenta, nesta sábado, o Angra dos Reis, fora de casa.

Ficha Técnica:


Portuguesa 1 x 1 Sendas


Local: Luso-Brasileiro

Dia: 22/06/11 – 15h


Gols: Maycon (POR) e Rafael Donato (SEN)


Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus

Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Luiz Felippe Scofield Guerra Costa


Portuguesa:

Douglas, Mineiro, Haroldo, Cauê e Giovani (Bernardo); Leonardo, Anderson, Luan (Jhonatan) e Maycon; Quilder e Alan Jr (Willian).
Técnico: Robertinho


Sendas:
Felipe, Adriano (Túlio), Rafael Donato, Edson e Fernandinho; Ricardinho, Danilo, Wallace (Castro) e Léo Inácio; Fabrício (Leandrão) e Jefferson.

Técnico: Edson Souza

domingo, 19 de junho de 2011

Geral da Lusa #8

A coluna Geral da Lusa entrevista, essa semana, um dos artilheiros do clube: Mineiro.

Blog: Vocês, jogadores, apesar da campanha nesta 2ª fase não ser uma das melhores, acreditam que ainda dá pra conquistar o acesso?

Mineiro: Acreditamos sim. Infelizmente, tivemos uma queda de produção nos últimos jogos, conversamos bastante sobre isso na volta de viagem para Quissamã e lá deu para provar que podemos jogar de igual para igual com qualquer time. Queremos começar a dar uma arrancada a partir do jogo contra o Barra Mansa e enquanto tivermos 1% de chance de subir, a gente vai acreditar.

Blog: Recentemente, a Portuguesa obteve uma derrota por 4 a 0 para o Bonsucesso dentro de casa. Como explicar um resultado desses dentro de casa?

Mineiro: Tivemos uma semana conturbada. Vínhamos de uma derrota para o Teresópolis e o time sentiu bastante. Em 15 minutos, contra o Bonsucesso, já perdíamos por 3 a 0 e foi algo que nos marcou. Não tem explicação, não tem o que se falar para o torcedor, só prometer empenho para dar a volta por cima.

Blog: Você considera que este jogo contra o Bonsucesso foi um divisor de águas para a Portuguesa, separando uma campanha boa que a Lusa vinha fazendo até então, dessa campanha atual, de jejum de vitórias?

Mineiro: Realmente foi um divisor de águas. Ficamos 10 sem perder, tivemos uma arrancada boa, ganhamos do próprio Quissamã nos 2 jogos da 1ª fase, acreditamos que ainda dá, só depende da gente e temos que provar dentro de campo que podemos, temos que ter atitude e não ficar só na fala.

Blog: No jogo contra o Bonsucesso, você foi substituído no intervalo e saiu bastante chateado. O que aconteceu naquele dia?

Mineiro: Foi meio complicado, mas minha vida é um livro aberto e eu não vou correr das respostas. Houve um desentedimento no vestiário, no intervalo, e estávamos todos no calor da partida, todo mundo querendo ganhar, principalmente eu, queria muito ajudar o time da melhor forma possível e acabou que aconteceu essa situação chata. A opção do treinador foi me tirar, normal de jogo, ele tinha que tirar alguém, tentar alguma mudança. Infelizmente aconteceu aquela derrota, mas nenhuma polêmica, demos a volta por cima, o Luizinho Rangel é meu amigo, gosto dele, temos uma relação boa. Hoje em dia, temos um novo comando, procuramos buscar força pra conseguir essa virada que eu acredito que é possível.

Blog: O que a Portuguesa precisa fazer pra dar uma reviravolta nessa Campeonato?

Mineiro: Temos que nos unir mais ainda. O time não mudou, são as mesmas peças que ficaram 10 jogos sem perder, conseguimos a classificação na 1ª fase. Agora é contar com a nossa união, ter sorte, fazer a bola entrar, que vai dar tudo certo.

sábado, 18 de junho de 2011

Portuguesa vence e convence

A Portuguesa fechou o turno, na tarde deste sábado, com uma bela vitória por 3 a 1, em casa, sobre o Ceres.

O time Lusitano buscou o gol desde os minutos iniciais do jogo. A primeira oportunidade que a Portuguesa criou aconteceu aos 9 minutos. Maycon fez bela jogada e chutou forte, obrigando o goleiro Léo Flores a espalmar. No rebote, Mineiro não conseguiu aproveitar e chutou pra fora.

Aos 17, mais uma vez o goleiro dos visitantes foi exigido: William bateu de fora da área e Léo Flores colocou pela linha de fundo.

No minuto seguinte, o meia João Vitor, do Ceres, cruzou para Flávio Barros, livre, marcar para o time de Bangu, mas o árbitro, acertadamente, assinalou impedimento.

A Lusa continuava a pressionar e o gol ia amadurecendo.

Mas, aos 37, Alan Júnior chutou do bico da grande área e fez 1 a 0 para a Portuguesa.

O Ceres pouco assustou na etapa inicial e foi assim, também, nos últimos 45 minutos.

Veio o 2º tempo e a Lusa não tirou o pé do acelerador. Aos 7 minutos, Digão alçou a bola na área e Alan Júnior cabeceou com muito perigo, mas pra fora.

O segundo gol Lusitano saiu dos pés, mais uma vez, de Alan Júnior, que, aos 19, chutou, a bola desviou na zaga e encobriu o goleiro adversário.

Por parte do Ceres, o lance de mais perigo aconteceu aos 37 minutos, quando o goleiro Léo Flores saiu de sua meta para cobrar falta próxima à meia-lua, que o goleiro Insulano, Douglas, defendeu.

Mesmo com o final do jogo próximo, a Portuguesa ampliou o marcador. Aos 39 minutos, cruzamento da direita de Digão que Anderson completou para o fundo das redes do Ceres.

Aos 45, aconteceu o gol que deu números finais à partida. Confusão dentro da área da Portuguesa, a bola sobrou para Flávio Barros que diminuiu para o Ceres.

Mas, não havia mais tempo e o resultado ficou no 3 a 1 em favor da Portuguesa.

Com o resultado, a Lusa chega aos 12 pontos ganhos, na 7ª colocação, empatada com Tigres e Teresópolis.

Ficha Técnica:

Portuguesa 3 x 1 Ceres


Local: Luso Brasileiro

Data: 18/06/11 – 17h


Gols: Alan Júnior (2x) e Anderson (POR) e Flávio Barros (CER)


Árbitro: Mauricio Machado Coelho Junior

Assistentes: Itande Carneiro de Mendonça Silva e Ricardo Fragoso Dourado de Carvalho


Portuguesa:

Douglas, Mineiro, Haroldo, Cauê e Alan; Pedrão, William (Anderson), Maycon e Digão; Quilder e Alan júnior (Jhonatan);

Técnico: Robertinho


Ceres:

Léo Flores, Vitor Hugo, Daniel, Gustavo e Rafael (William); Beto (França), Eudes, Vitor Aragão e Douglas Silva (Claudio Pagode); Flávio Barros e João Vitor.

Técnico: Floracir

Na próxima quarta (22/06), a Lusa abre o returno enfrentando, em casa, o Sendas.

Matéria dos juniores - site oficial :
http://www.aaportuguesario.com.br/wp/

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Edson Souza deixa o comando da Portuguesa

Após 5 jogos frente a equipe profissional da Portuguesa Carioca, Edson Souza não é mais treinador do clube.

Na tarde desta quinta-feira, Edson acertou sua ida para o Sendas Esporte Clube, que recentemente havia demitido seu, até então, técnico, Paulo Henrique.

Edson Souza dirigiu a Portuguesa nas derrotas para o Tigres (2 a 1), Quissamã (1 a 0) e Friburguense (2 a 0), no empate com o Estácio (1 a 1) e na vitória sobre o Barra Mansa (3 a 2).

O time profissional da Lusa será comandando, a partir de agora, por Robertinho, técnico da categoria de Juniores do clube.

Portuguesa sobe a serra, mas perde para Friburguense

Enfrentando o frio e o Friburguense pela penúltima e 10ª rodada do returno da fase final da Série B, a Portuguesa subiu a serra, mas perdeu por 2 a 0 na noite desta quarta-feira.

Em mais uma noite gelada em Nova Friburgo, a Portuguesa buscava a vitória para subir na classificação e sonhar com a Séria A. Porém, era o Friburguense que armava as melhores jogadas ofensivas e chegava ao ataque com maior eficiência.

Os mandantes pressionavam desde os minutos iniciais, mas a zaga Lusitana e o goleiro Douglas se apresentavam bem.

Aos 6, Zambi entrou na área e chutou. A bola passou rente ao travessão do goleiro Douglas, da Portuguesa.

Zambi era o mais perigoso por parte do time da Serra enquanto a Portuguesa apostava nos contra-ataques em velocidade com o atacante Jhonatan. Mas, na etapa inicial, a pressão ficou por conta dos anfitriões.

A primeira finalização com perigo da Portuguesa só ocorreu aos 31 minutos com Mineiro, batendo forte de fora da área, obrigando Marcos a fazer difícil defesa.

Dois minutos depois, foi a vez do Friburguense arriscar de fora da área, mas Douglas defendeu com segurança, sem dar rebote.

Por jogar em casa, diante da torcida e acostumados ao campo e ao frio, o Friburguense tomava as iniciativas, mas, na 1ª etapa, não conseguiu transformar as oportunidades em gol.

Veio o 2º tempo e a Portuguesa tentava a chegar ao ataque com mais frequência. Aos 9, Mineiro cruzou da direita e Digão cabeceou rente ao travessão, levando perigo. Mas antes, aos 3, Zambi já levara perigo ao gol Lusitano em um chute cruzado.

Porém, com 10 minutos do 2º tempo, Jorge Luiz recebeu na entrada da área, chutou forte e colocado, no canto direito de Douglas, que nada pode fazer, colocando o Friburguense na frente do placar.

A Portuguesa não se abateu e continuou buscando o gol principalmente em chutes de fora da área com Mineiro.

Aos 27 minutos veio o gol que fechou o placar no Estádio Eduardo Guinle. Belo toque de bola do Friburguense, Ricardinho entregou para Marcelo que chutou de primeira e rasteiro, fazendo 2 a 0 para o Tricolor da serra.

William, em cabeçada no canto direito, ainda obrigou o goleiro Marcos a fazer difícil defesa, mas o placar ficou no 2 a 0 em favor dos mandantes.

Com o resultado, a Portuguesa permanece com 9 pontos ganhos e enfrenta, nesta sábado, o Ceres, no Luso Brasileiro, às 15h, buscando encerrar o turno com uma vitória.

Ficha Técnica:

Friburguense 2 x 0 Portuguesa

Local: Nova Friburgo

Dia: 15/06/11 – 19h30

Gols: Jorge Luiz e Marcelo (FRI)

Árbitro: Willian de Souza Nery

Assistentes: Ricardo Nogueira da Silva e Ralhp Coutinho Carneiro


Friburguense:

Marcos, Sérgio Gomes, Cadão, Diego Guerra e Flavinho; Marcelo, Lucas, Jorge Luiz e Rômulo (Paulo Roberto); Ricardinho (Marquinhos) e Zambi.

Técnico: Gerson Andreotti


Portuguesa:

Douglas, Mineiro, Haroldo, Cauê e Alan Fernandes; Leonardo (Alan Junior), William, Maicon (Renanzinho) e Digão; Givaldo e Jhonatan (Cristian).

Técnico: Edson Souza

Matéria da partida dos juniores: site oficial -

sábado, 11 de junho de 2011

De virada, Portuguesa supera Barra Mansa

Em partida válida pela 9ª rodada da 2ª fase do Estadual, a Portuguesa Carioca conquistou uma bela vitória por 3 a 2 sobre o Barra Mansa, na Ilha do Governador.

O time Lusitano estava desde a 2ª rodada sem saber o que é vencer, mas na tarde deste sábado, a Lusa reencontrou o caminho da vitória em um jogo que reservou as maiores emoções para os minutos finais.

O jogo começou morno, mas o Barra Mansa logo abriu o placar em uma falha defensiva da Portuguesa Carioca. Cruzamento da direita de Belarmino que Fernando completou, livre, de cabeça.

A Lusa buscava o empate e assustou aos 18 minutos, com o zagueiro Cauê, de cabeça.

Mas, foi no minuto seguinte que a Portuguesa chegou à igualdade no marcador. Willian tocou para Maycon que, dentro da área, recebeu sozinho e tocou no canto esquerdo do goleiro adversário.

O gol animou os jogadores Lusitanos, que buscavam a virada, criando várias oportunidades de marcar o 2º.

No minuto final do 1º tempo, novamente Cauê, de cabeça, levou perigo à meta adversária, fazendo com que o goleiro Everton, do Barra Mansa, fizesse bela defesa.

Veio a etapa final e a Portuguesa criava muitas oportunidades de gol, mas não as aproveitava.

Aos 28, aconteceu a virada Lusitana. O árbitro da partida viu Givaldo ser empurrado dentro da área e marcou pênalti. Na cobrança o próprio Givaldo marcou e virou para a Lusa.

Mas nada estava resolvido, na saída de bola, outro pênalti, dessa vez a favor do Barra Mansa. Fernando bateu, mas o goleiro Douglas, substituto do titular Léo que está lesionado, defendeu em 2 tempos.

Mal deu tempo para os jogadores comemorarem a defesa com o goleiro Lusitana já que, na reposição de bola, Quilder avançou pela direita, em contra ataque rápido, e fez o 3º da Portuguesa.

O ponto negativo foi a expulsão do autor do 3º gol da Lusa, Quilder, que, por levantar a camisa na hora da comemoração, levou o 2º amarelo e deixou o gramado mais cedo.

Já no fim da partida, aos 43, Dinho descontou para os visitantes, mas o placar ficou mesmo nos 3 a 2.

Com o resultado, a Lusa soma 9 pontos na fase final da competição.

Ficha Técnica:

Portuguesa 3 x 2 Barra Mansa


Local: Luso Brasileiro

Dia: 11/06/11 - 15h


Gols: Maycon, Givaldo e Quilder (POR) e Fernando e Dinho (B.M.)


Árbitro: Diego da Silva Lourenço

Assistentes: Ivan Silva Araújo e Renato Silva e Silva


Portuguesa:

Douglas, Mineiro, Cauê, Pedrão (Luan) e Alan Fernandes (Jofre); Haroldo, Leonardo, Willian e Maycon; Alan Jr (Givaldo) e Quilder;
Técnico: Edson Souza


Barra Mansa:

Everton, Belarmino, Vinicius, Léo Mota e Dinho; Juninho BM (Márcio Costa), Elan, Frank (Felipe) e Tiago; Rafael (Wellyngton) e Fernando.

Técnico: Wilson Leite


Pela 10ª rodada, a Lusa encara, fora de casa, o Friburguense nesta quarta-feira.

Em partida preliminar, os juniores arrancaram um empata por 2 a 2 contra o Barra Mansa nos minutos finais. Perdiam por 2 a 0, mas em 2 cobranças de pênalti, deixaram tudo igual no marcador.

(Foto: Carlos Junior)

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Portuguesa não consegue parar o, até então, líder e perde por 1 a 0

Enfrentando o, até então, líder, fora de casa, a Portuguesa foi a Quissamã e são saiu do Estádio Antônio Carneiro da Silva com um resultado positivo. O time da Ilhe perdeu por 1 a 0 e permanece com 6 pontos conquistados, na 9ª colocação.

O gol único da partida aconteceu aos 25 minutos da etapa final. Vinícios bateu falta pelo lado esquerdo de seu ataque e Cleiton apareceu de surpresa entre a zaga Lusitana e completou de cabeça para o fundo das redes do goleiro Douglas.

Ficha Técnica:

Quissamã 1 x 0 Portuguesa

Local: Antônio Carneiro da Silva
Dia: 08/06/11 - 15h

Gol: Cleiton (QUI)

Árbitro: Leonardo de Castro Moreira
Assistentes: Marco Aurélio dos Santos Pessanha e Leonan Cardoso Beruto.

Quissamã:
Ricardo, Robertinho, Lacraia, Douglas e Maxwell (Vinicios); Cássio, Cleiton, Elias (Diguinho) e WSallace; Adão e Ricardo Cruz (Juninho).
Técnico: Marcelo Costa

Portuguesa:
Douglas, Mineiro, Cauê, Haroldo e Alan Fernandes; Pedrão, Leonardo (Alan Jr), Willian e Digão; Quilder (Maycon) e Givaldo (Luan).
Técnico: Edson Souza

Pelos juniores, enfrentando o CFZ, no Recreio dos Bandeirantes, a Portuguesa foi derrotada por 2 a 0.

No próximo sábado, a Lusa tenta sua reabilitação no campeonato enfrentando o Barra Mansa, no Estádio Luso Brasileiro, às 15h.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Geral da Lusa #7

Para a coluna Geral da Lusa número 7, entrevistamos o zagueiro da Portuguesa, Allan Nicácio.

Blog: Você chegou à Portuguesa numa fase de total mudanças de direção e de uma estreia conturbada. Como foi se adaptar a este time e principalmente, conseguir esta classificação para a 2ª fase?

Allan Nicácio: Dentro de campo, no começo, foi difícil pois eu estava há algum tempo parado, mas fora de campo foi mais fácil, os amigos com que joguei ano passado continuaram além de que sempre procuramos aumentar nossa união e isso ajuda bastante para conseguirmos os resultados e, por consequência, a classificação.

Blog: No começo da atual temporada, a Portuguesa não era vista como candidata a subir, muito pelo contrário, se comentava que o time da Ilha poderia ser uma candidata a ser rebaixada. Você acha que o time respondeu às críticas dentro de campo?

Alan Nicácio: Com certeza. Demonstramos dentro de campo que, apesar de nosso time ser novo, tem muito valor. Comentavam que nós éramos fortes candidatos a cair, mas mostramos que a realidade não é bem essa. Quando se tem união e força de vontade a história é outra, esse foi nosso diferencial.

Blog: Já entrevistamos alguns jogadores da Portuguesa e podemos perceber que todos comentam sobre a união que este grupo tem. Você, que já passou por alguns clubes, pôde notar que, na Portuguesa, essa união é maior, devido a todos esses fatores extra-campo pelos quais a Lusa passou?

Allan Nicácio: Apesar de ser novo, passei por vários clubes mesmo, mas a união que este grupo tem, nunca vi igual em outros. Temos jogadores jovens e alguns um pouco mais experientes e mesmo assim posso afirmar que a união que eu vejo nesses atletas é a maior que já presenciei.

Blog: Nessa 2ª fase, a Portuguesa deu algumas tropeçadas em casa. Você acha que o time sente uma certa pressão por, teoricamente, ter a obrigação de vencer sob seus domínios, diante da torcida?

Allan Nicácio: Acho que não. Jogar em casa é muito melhor pra gente. Varia muito de jogo pra jogo, em algumas partidas começamos muito desligados, não somente dentro de casa, mas o campeonato é longo e ainda está no começo. Esse regulamento, pra mim, é ótimo: campeonato longo que dá pra correr atrás de pontos perdidos por bobeira.

Blog: O que a Portuguesa precisa pra poder conseguir subir de divisão?

Allan Nicácio: Continuar com a mesma garra, a mesma vontade, união e entrarmos no jogo mais ligados, que é exatamente o que nos falta em algumas ocasiões.

sábado, 4 de junho de 2011

Portuguesa não consegue superar Estácio e fica no empate

A Portuguesa enfrentou, na tarde deste sábado, o Estácio e buscava acabar com a sequência de 3 derrotas seguidas com uma vitória em casa. Porém, o time Lusitano não saiu do 1 a 1.

Logo no comecinho da partida, a Lusa saiu jogando errado e a bola sobrou nos pés de Marllon que, pra sorte da Portuguesa, chutou em cima do goleiro Douglas.

Aos 22, a Portuguesa assustou pela 1ª vez. Cruzamento da direita de Mineiro, a zaga do Estácio bobeou e deixou os atacantes Givaldo e Quilder livres, este último completou o cruzamento, de cabeça, pra fora.

Passado dos 30 minutos da etapa inicial, os visitantes arriscavam mais. Gilmar passou pela zaga da Portuguesa e tentou encobrir o goleiro, mas tocou muito forte e a bola foi por cima da meta de Douglas.

A Lusa respondeu com Digão que, em um contra-ataque em velocidade, passou pelo goleiro do Estácio, mas chutou em cima da zaga.

Aos 38 minutos, os visitantes abriram o placar. Em chute forte de Gilmar, o goleiro Douglas defendeu no reflexo, mas, no rebote, França não despediçou fazendo 1 a 0 para o Estácio de Sá.

Veio o 2º tempo e a Portuguesa cometia os mesmo erros. Mais uma vez a Lusa perdeu a bola, dessa vez dentro da área, França rolou para Gilmar que chutou forte, mas por cima da meta defendida pelo goleiro Lusitano.

Aos 24 minutos, Alan Junior protagonizou o lance mais inacreditável do jogo. O atacante Lusitano ficou livre, de frente para o gol e conseguiu chutar pra fora.

No minuto seguinte, foi a vez do Estácio assustar. Novamente, a Portuguesa perdeu a bola na intermediária, Gilmar avançou e chutou, mas Cauê salvou em cima da linha.

O gol de empate Lusitano aconteceu em resultado de um cruzamento da direita de Quilder que Mineiro aproveitou ao aparecer na estrada da área e chutar, deixando tudo igual no marcador.

A Portuguesa ainda teve a chance de virar. Bola alçada na área por Renanzinho que Pedrão completou de cabeça, mas a bola parou no travessão.

Com o resultado de empate, a Lusa chega aos 6 pontos e enfrenta na próxima rodada o Quissamã, fora de casa, dia 08/06.

Ficha Técnica:

Portuguesa 1 x 1 Estácio de Sá

Local: Luso Brasileiro - Ilha
Dia: 04/06/11 - 15h


Gols: França (EST) e Mineiro (POR)


Árbitro: André Rodrigo Mancha

Assistentes: Daniel do Espírito Santo Parro e Alrismar Arrais de Araújo


Portuguesa:
Douglas; Mineiro, Cauê, Haroldo (Maicon) e Alan Fernandes; Pedrão, Willian (Rananzinho), Leonardo e Digão; Givaldo (Alan Jr) e Quilder.

Técnico: Edson Souza


Estácio:
Sobrinho, Marllon, Michel, Leonardo e Gabriel; Fabão, Marlom (Wesckley), Ricardinho (Guzzon) e Gilmar; Bruno Andrade e França (Fabiano).

Técnico: Fernando Santos


Os juniores também ficaram não saíram da igualdade no placar contra o Estácio: 1 a 1.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

De virada, Portuguesa perde para o Tigres

A Portuguesa entrou em campo na tarde desta quarta-feira contra o Tigres do Brasil, fora de casa, e foi derrotada por 2 a 1, de virada.

Entrando em campo sob comando do novo técnico, Edson Souza, a Lusa buscava se recuperar da derrota, em casa, por 4 a 0 para o Bonsucesso.

E a Portuguesa mostrou seu cartão de visitas logo ao 1 minuto de jogo. O ti
me Lusitano roubou a bola no meio de campo e Givaldo chutou com perigo, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 10, Alan encontrou Givaldo, livre, que chutou na saída do goleiro adversário, abrindo o placar para a Lusa no estádio De Los Larios.

Após o gol, a Lusa diminuiu o ritmo e o Tigres cresceu na partida. Em chute de Ivan, o goleiro Douglas, que substituiu o titular Léo que, machucado, não jogou, fez bela defesa.

E foi aos 19 minutos que os mandantes deixaram tudo igual no marcador. Giovani chutou de fora da área, Douglas não alcançou e o Tigres empatou a partida.

Quilder, atacante Insulano, chegou a fazer o 2º gol da Portuguesa, mas o árbitro assinalou que o atleta da Lusa dominou a bola com a mão.

No minuto final do 1º tempo mais uma chance do Tigres: Giovani cruzou da esquerda e Daniel completou, mas Douglas defendeu.

Na etapa final, Renanzinho, que acabara de entrar, cruzou para Quilder cabecear, com perigo, para fora.

A virada do Tigres aconteceu aos 16. Douglas saiu do gol, atropelou Thiaguinho, o árbitro da partida assinalou pênalti e ainda advertiu o goleiro Lusitano com o cartão amarelo. Na cobrança, Dabiel bateu bem e pôs o Tigres à frente do marcador.

Os anfitriões buscavam amplicar o placar. Pedro bateu falta forte, de longa distância, que Douglas espalmou para linha de fundo. Na cobrança do corner, a bola sobrou para Thiaguinho que chutou e mais uma vez obrigou o goleiro da Lusa a trabalhar.

O Tigres chegava ao ataque com maior facilidade, enquanto a Lusa tentava o empate, mas sem sucesso.

A última chance do time da Ilha empatar foi em uma cobrança de falta em 2 toques, dentro da pequena área. Digão rolou para Alan que chutou, a bola desviou na zaga e saiu.

Com mais esta derrota, a Lusa chega ao 3º revés consecutivo e permanece com 5 pontos.

Ficha Técnica:

Tigres do Brasil 2 x 1 Portuguesa


Local: De Los Lários - Xerém
Dia: 01/06/11 - 15h

Gols: Giovani e Daniel (TIG) e Givaldo (POR)


Árbitro: Leandro Noel Laranja
Assistentes: Thiago Pillar Leal e Hildemar Dias de Oliveira Filho


Tigres:
Eduardo, Rodrigo (João Manoel), Fabinho, Fernando e Welton; Pedrinho (Tiago), Magno, Giovani e Daniel; Thiaguinho e Ivan (Pedro)

Técnico: Emanoel Sacramento


Portuguesa:

Douglas, Fábio (Renanzinho), Allan Nicácio, Haroldo e Jofre (Jhonathan); Pedrão, Mineiro (Maycon), Alan Fernandes e Digão; Givaldo e Quilder

Técnico: Edson Souza

Nos juniores, a Lusa ficou no 0 a 0.

No próximo sábado, 04/06, a Lusa enfrenta o Estácio no Luso Brasileiro, às 15h.

domingo, 29 de maio de 2011

Luizinho Rangel não é mais o técnico da Portuguesa

Foi confirmada pela diretoria da Portuguesa Carioca, na noite deste domingo, a notícia de que Luizinho Rangel não é mais o treinador da Lusa.

A informação é que Edson Souza, ex Friburguense, é o novo comandante da equipe da Ilha do Governador e será apresentado amanhã, 30/05, para o elenco Lusitano.

Luzinho Rangel comandou a equipe Insulana por 13 jogos, sendo 4 vitórias, 6 empates e 3 derrotas, porém, após o revés em casa por 4 a 0 para o Bonsucesso, o treinador não resistiu no cargo.

sábado, 28 de maio de 2011

Portuguesa não se encontra e é goleada em casa

Em tarde extremamente infeliz, a Portuguesa Carioca não conseguiu apresentar seu fetebol e foi goleada, em casa, pelo Bonsucesso por 4 a 0.

O rumo da partida começou a ser tomado logo aos 5 minutos de jogo. João Rodrigo deu um lençol na entrada da área e tocou para Marco Goiano que bateu de primeira, fazendo um belo gol, abrindo o placar para o Bonsucesso.

A Portuguesa até tentou esboçar uma reação com Anderson, em um chute de fora da área, obrigando o goleiro Jaime a fazer excelente defesa.

Porém, o Bonsucesso não perdeu tempo e aos 11 minutos ampliou o marcador. Juninho avançou como quis pela ala esquerda, fez bela jogada e cruzou para João Rodrigo que marcou o 2º dos visitantes.

O Bonsucesso não se acomodou com a boa vantagem e aos 19 minutos quase fez o 3º. Rafael desarmou a zaga Lusitana, mas chutou por cima da meta do goleiro Léo.

Desorganizada, a Lusa partia para o ataque e arriscava bastante de fora da área. Aos 28, Willian acertou um chute no travessão.

Dois minutos depois, foi a vez de Givaldo ter a chance de diminuir o placar: cruzamento da esquerda de Quilder que o atacante Lusitano, de frente para o gol, furou.

Veio a etapa final e a situação Lusitana só piorou. Aos 9 minutos do 2º tempo, Willian parou um contra ataque Rubro Anil com falta, recebeu o 2ª amarelo e foi expulso.

Com um jogador a menos, a situação ficava cada vez mais fácil para o Bonsuça que começou a consolidar sua goleada aos 22 minutos. Em jogada de velocidade, João Neto, em um contra-ataque fez 3 a 0.

Em uma das poucas chegadas da Portuguesa no ataque na etapa final, Alan Fernandes cobrou escanteio que Allan Nicácio desviou de cabeça, a bola foi parar, mais um vez, no travessão.

Aos 31 veio o gol que fechou o marcador. Juninho chutou de longe, a bola bateu no travessão e, no rebote, Marco Goiano fez 4 a 0.

Ainda deu tempo de Digão receber livre e chutar em cima do goleiro.

Com o resultado, a Portuguesa permanece com 5 pontos ganhos e enfrenta na próxima rodada o Tigres do Brasil, quarta-feira, às 15h em Xerém.

Ficha Técnica:

Portuguesa 0 x 4 Bonsucesso


Local: Luso Brasileiro - Ilha

Dia: 28/05/11 - 15h


Árbitro: Bruno Arleu de Araújo

Assistentes: Roberto Rito Schwarz e Marcos Sivolella do Nascimento


Gols: Marco Goiano (2x), João Rodrigo e João Neto (BON)

Portuguesa:

Léo, Anderson (Fábio), Cauê, Allan Nicácio e Allan Fernandes; Pedrão, Mineiro (Jhonathan), Willian e Digão; Quilder e Givaldo (Leonardo).

Técnico: Luizinho Rangel


Bonsucesso:

Jaime, Jádson, PC, Jordan e Cléber (João Neto); Rony, Otaviano, Thiago Ramos e Marco Goiano; João Rosdrigo (Rafael) (Deni) e Juninho.

Técnico: Manoel Neto.


Já os juniores da Portuguesa, enfrentaram o Bonsucesso e venceram por 3 a 0.


(Foto: Fábio Menezes)

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Portuguesa perde invencibilidade na 2ª fase

Jogando fora de casa, pela 4ª rodada da fase final da série B, a Portuguesa perdeu para o Teresópolis pelo placar de 1 a 0.

Com esse e os demais resultados da rodada, a Portuguesa permaneceu com 5 pontos, caindo para a 8ª colocação do Grupo C. Entretanto, o clube da Ilha do Governador está apenas a 3 pontos do G2, ou seja, dos times que sobem para a 1ª divisão.

A Portuguesa sofreu o gol único da partida logo aos 12 minutos, quando Zé Carlinhos, em um chute forte e de fora da área, abriu o placar no Estádio Antônio Salvatone.

Na próxima rodada, a Lusa enfrenta o Bonsucesso no Luso Brasileiro, às 15h. Atualmente, o Bonsuça está na 6ª posição, com apenas 1 ponto a mais do que a Portuguesa, 6.

Ficha Técnica:

Teresópolis 1 x 0 Portuguesa

Local: Antônio Salvatoni - Tereópolis
Dia: 25/05/11 - 15h

Árbitro: Mauricio Machado Coelho Jr
Assistentes: Thales Algebali Bondim e Wander Luiz da Conceição

Gol: Zé Carlinhos (TER)

Teresópolis:
Bruno, Ênio, Marlon, Leandro e Cláudio; Valdecir, Tércio, Eduardo (Alessandro) e Zé Carlinhos (Fellipe); Hércules e Fábio (Weider)
Técnico: Flávio Annuziata

Portuguesa:
Léo, Anderson, Allan Nicácio, Cauê e Jofre; Pedrão, Willian, Mineiro (Fábio) e Renanzinho (Maicon); Jhonathan (Tauan) e Givaldo.
Técnico: Luizinho Rangel

A equipe de juniores, treinada por Robertinho, ficou no empate por 0 a 0 com o Rio Branco, em Campos.