Blog dedicado a Portuguesa Carioca!

Volte sempre para saber notícias do clube da Ilha do Governador, clube tão tradicional do futebol Carioca.

Telefone do clube 2462-3133.


quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Federação escolhe os melhores de 2009

< A FFERJ escolheu os melhores atletas e o melhor técnico do Campeonato Carioca da série B de 2009.

Nenhum atleta da Portuguesa Carioca foi escolhido.

Confiro logo abaixo a lista completa:

Goleiro:
Cléber (
Sendas)

Lat. Direito:
Flavinho (
Goytacaz)

Zagueiro:
Diego (
Olaria)

Zagueiro:
Nailton (
América)

Lat. Esquerdo:
Rodrigo Melo (
Quissamã)

Volante:
Umberto (
Sendas)

Volante:
Bruno Reis (
Quissamã)

Meia:
Diguinho (
América)

Meia:
Geovane Maranhão (
Artsul)

Atacante:
Leandrão (
Sendas)

Atacante:
Alexandro (
América)

Técnico:
Waguinho Dias (
Sendas) >

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Tabela - Carioca da Série B 2010

< O campeonato Carioca 2010, diferente de 2009, começará no início do ano que vem. A data de estreia foi confirmada para o dia 20 de Fevereiro.

A Portuguesa ficou no grupo A.

Confira baixo os dois grupos:

Grupo A:

Portuguesa
Fênix
CFZ
Rio das Ostras
Cabofriense
Nova Iguaçu
São Cristóvão
Teresóplois
Mesquita
Quissamã

Grupo B:

Ipateruna
Profute
Estácio
Artsul
Céres
Sendas
Sampaio Corrêa
Angra dos Reis
Bonsucesso
Goytacaz

A primeira rodada será: (20/02/10 - 16h)

Grupo A:

Portuguesa x Nova Iguaçu
Cabofriense x Fênix
CFZ x Rio das Ostras
Teresóplois x São Cristóvão
Quissamã x Mesquita

Grupo B:

Profute x Itaperuna
Artsul x Estácio
Sendas x Céres
Angra dos Reis x Sampaio Corrêa
Goytacaz x Bonsucesso

Veja a tabela completa no site oficial da federação:

http://www.fferj.com.br/2009/noticias/index.asp?idnoticia=3404 >

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Classificação final da Série B do Carioca

< Classificação final da Série B do Carioca

1º América - 41 pontos
2º Olaria - 36 pontos
3º Goytacaz - 32 pontos
4º Quissamã - 29 pontos
5º Sendas - 29 pontos
6º Artsul - 19 pontos
7º Nova Iguaçu - 17 pontos
8º Bonsucesso - 17 pontos
9º Portuguesa - 15 pontos
10º Riostrense - 7 pontos

América e Olaria conseguiram as vagas para o Campeonato Carioca da Série A em 2010.


Parabéns às duas equipes!

A Lusa Carioca ficou apenas com a vice lanterna. Resta aos torcedores Lusitanos torcerem para uma melhor campanha em 2010.

A princípio, o Estadual da Segundona ano que vem começará mais cedo, juntamente com o Estadual da elite. Aguarde mais informações divulgadas no blog!

Portuguesa encerra Carioca perdendo mais uma

< Neste último sábado, dia 28/11/09, foi realizada a última partida do Carioca da série B.

A Portuguesa fez sua despedida fora de casa, contra o Nova Iguaçu no Estádio Jânio de Moraes e perdeu por 2 a 1, terminando assim sua campanha ruim na segunda fase, na penúltima colocação do grupo com 15 pontos em 18 jogos.

Jogo que de nada valia para ambas as equipes, já eliminadas há algumas rodadas. O jogo era apenas pra cumprir tabela e garantir a melhor colocação possível para cada clube.

Quem abriu o placar foi o time da casa, já os 9 minutos da etapa inicial, quando o meia Giordano fez 1 a 0 para o Nova Iguaçu.

A Portuguesa não demorou a empatar: aos 15 minutos o lateral direito Anderson, que ainda é amador do clube, fez seu primeiro gol na competição e o primeiro e único gol da Lusa no jogo.

O gol da vitória do time laranja aconteceu aos 26 minutos da etapa final, ele veio dos pés de um jogador vindo da reserva: Diego, que fez o segundo do Nova Iguaçu, dando números finais à partida.

No finzinho do jogo, ainda deu tempo do zagueiro Carlos Renan, da Portuguesa Carioca ser expulso pelo árbitro da partida por aplicar um carrinho lateral no, também zagueiro, Leonardo. O Lusitano recebeu vermelho direto.

Vale ressaltar que o zagueiro Carlos Renan voltava de uma contusão que o afastara dos gramados desde o dia 3 de Outubro.

Ficha técnica:


Nova Iguacu 2 x 1 Portuguesa

Local: Jânio de Moraes - Nova Iguaçu
Dia: 28/11/09 - 16 horas

Árbitro: André da Conceição Campolino
Assistentes: Francisco Pereira de Souza e Marcos Antônio Santos

Gols: Giordano e Diego (N.IGUA) e Anderson (POR)

Nova Iguaçu:
Jéferson; Jeferson Cruz (Diego), Juan, Jéferson Monteiro e Leonardo; Jorge (Vinícius), Luan, Thiago e Giordano, Gláuber e Willian (Filipe).
Técnico: Nelson Mourão

Portuguesa:
Douglas, Anderson (Marcelinho), André, Márcio Cleick e Alan (Carlos Renan); Gulit, Yuri, Digão e Biula; Gláucio (Orlando) e Alex Alves.
Técnico: Baiano >

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Portuguesa fica no empate com o Quissamã

< Se despedindo do seu Estádio, o Luso Brasileiro, nesta temporada de 2009, a Portuguesa Carioca apenas empatou contra o Quissamã nesta quarta-feira.

Jogo sem qualquer interesse para definição dos 2 clubes que subiriam à elite do Carioca. O América já havia subido e tanto Lusa quanto o Quissamã não tem chances de conseguir a tão sonhada ida à série A há algumas rodadas.

O primeiro tempo foi morno, sem grandes oportunidades, porém quem atacava mais era a equipe visitante. Mas de nada adiantou, pois foi o time da Ilha que abriu o placar. Aos 15 da etapa inicial, em lance confuso na área, a bola sobrou para Yuri colocar no fundo das redes, fazendo 1 a 0 para a Lusa.

A segunda etapa não teve alteração, ritmo cadenciado, já pensando nas férias e temporada de 2010.

A Portuguesa queria se despedir da torcida com um vitória, mas o Quissamã não queria viajar de tão longe pra perder. E aos 18 do segundo tempo, num lance boba na pequena área da Lusa, o zagueiro Édson deixou tudo igual. Os jogadores da Portuguesa reclamaram de irregularidade no gol dos visitantes.

O jogo ficou mesmo no empate por 1 a 1. O próximo adversário da Portuguesa, o último da competição, é o Nova Iguaçu neste sábado fora de casa.

Ficha técnica:

Portuguesa 1 x 1 Quissamã

Local: Luso Brasileiro - Ilha do Governador
Dia: 25/11/09 16 horas

Gols:Yuri (POR) e Édson (QUI)

Árbitro: Rodrigo Carvalhes de Miranda
Assistentes: Ivan Silva Araújo e Raimundo Araújo dos Santos

Portuguesa:
Douglas, Renan, Andrezinho, Márcio Cleick e Alan ; Beto, Gullit, Yuri (Noel) e Biula (Orlando) ; Alex Alex (Anderson) e Gláucio.
Técnico: Baiano.


Quissamã:
Geílson, Robertinho, Édson, Jádson e Cortês; Amaral (Fred), Bruno Reis, Adão (Diniz) e Danilo; Cleiton e Fabrício.
Técnico: Paulo Henrique >

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Acidente com meia Renatinho gera polêmicas

< O caso do meia Renatinho vem ganhando espaço na mídia esportiva. Neste último domingo, no programa Esporte Espetacular da TV Globo, foi feita uma matéria falando do grave acidente do atleta Lusitano.

Para que não se lembra, no último dia 4 de novembro, a Portuguesa foi derrotada pelo Sendas, em São João de Meriti, no Estádio Arthur Sendas por 3 a 1. Mas o fato alarmante da partida foi o acidente do meia Renatinho, que chocou-se violentamente contra o muro do Estádio, localizado a poucos metros atrás da linha de fundo.

Confira a matéria do Programa Global:

http://video.globo.com/Videos/Player/Esportes/0,,GIM1163612-7824-RENATINHO+DA+PORTUGUESA+BATE+A+CABECA+EM+UM+MURO+DURANTE+JOGO+PELA+SERIE+B+DO+CARIOCA,00.html
Na Tv Record, o acidente também ganhou destaque:

http://videos.r7.com/jogador-se-machuca-apos-bater-a-cabeca-em-um-muro-durante-partida/idmedia/df0dc51752251d166e01313b4f77d100-1.html

O atleta se recupera e afirma querer voltar aos campos de futebol novamente. O meia, que já é experiente, tinha proposta de um clube da 1ª divisão do Estadual do Rio.

Todos estamos torcendo por sua recuperação, Renatinho!

Portuguesa vence Bonsucesso na Ilha do Governador

< Sem mais pretenções no Estadual de 2009, resta a Portuguesa Carioca apenas cumprir tabela. E foi o que ela fez na tarde deste sábado, na Ilha, onde enfrentou o Bonsucesso e conquistou uma boa vitória sobre os visitantes por 2 a 1.

A Portuguesa precisou apenas dos minutos finais da 1ª etapa para clocar uma boa vantagem no marcador do Estádio Luso Brasileiro.

O jogo, na etapa inicial, foi muito bem marcado e com poucas oportunidades claras de gols. O atacante Patty, do Bonsucesso levava perigo ao gol de Douglas. Porém quem marcou primeiro com o atacante Gláucio, ex Botafogo, de cabeça foi a Lusa aos 42 minutos.

Pouquíssimo tempo depois, aos 45 minutos, Alan aumentou para o time da Ilha, fazendo 2 a 0.

O segundo tempo foi morno, a Lusa jogava administrando a partida, enquanto o Bonseucesso tentava de todas as formas, ao menos, diminuir o placar adverso.

E foi o que aconteceu aos 40 muntos da etapa final: o árbitro da partida Carlos Eduardo Nunes Braga assinalou pênalti. O artilheiro Paty bateu bem e diminuiu, fazendo 2 a 1.

Os visitantes tentaram o empate, mas o time lusitano segurou os 3 pontos até o fim.

O próximo jogo da Lusa será nesta quarta-feira contra o Quissamã, na Ilha. Último jogo em casa da temporada.

Ficha técnica:

Portuguesa 2 x 1 Bonsucesso

Local: Luso Brasileiro - Ilha do Governador
Dia: 21/11/09 16 horas

Gols: Gláucio e Alan (POR) e Paty (BON)

Árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga
Assistentes: Gilberto Stina Pereira e Ricardo Fragoso Carvalho

Portuguesa:
Douglas, Renan, Andrezinho, Yuri e Alan (Warley); Beto, Gullit, Digão e Noel; Biula (Orlando) e Gláucio (Ronaldo).
Técnico: Baiano.

Bonsucesso:
Renan, Lucianos Santos, Sassá, Rogério e Ratinho (Rodrigo); Júlio César, Pedroso, Alan e Zelito (Júnior); Bryano (Amauri) e Paty.
Técnico: Ronaldo Cabral >

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Lusa é goleada pelo América

< Nesta quarta-feira, no Giulit Coutinho a equipe da Portuguesa Carioca foi derrotada pelo América por 4 a 1.

O placar foi um tanto quanto elástico, apesar do Mequinha ter tido uma atuação notadamente melhor que a da Portuguesa.

Os mandantes abriram o placar aos 12 minutos do 1º tempo com Diguinho. O time Lusitano reagiu ainda na etapa inicial e empatou com Márcio Cleick de cabeça, contando com a falha da zaga americana que deixou o zagueiro livre para cabecear.

O América não se abateu e novamente ficou a frente no placar com Da Costa, antes do término dos primeiros 45 minutos.

O segundo tempo foi arrasador pro parte do América, em pouco tempo, o Alvi Rubro fez 2 gols, 2 de Adriano.

No fim da partida, o autor dó gol único da Lusa Carioca levou o segundo cartão amarelo e por consequência o vermelho. Ou seja, o zagueiro Márcio Cleick desfalca o time de Baiano na próxima partida, neste sábado contra o Bonsucesso, na Ilha do Governador.


Ficha técnica:

América 4 x 1Portuguesa

Local: Giullit Coutinho - Mesquita
Dia: 18/11/09 16 horas

Gols: Diguinho, Da Costa e Adriano (2x) (AMÉ) e Márcio Cleick (POR)

Árbitro: Pathrice Wallace Correia Maia
Assistentes: Ricardo Maurício de Almeida e Marcelo Braz Mariano

América:
Roberto, Claudemir, Ciro, Nailton e Da Costa; Júnior, Diguinho (Thiago), Gerson (Léo) e Osmar (Márcio); Alexandro e Adriano.
Técnico: Lira

Portuguesa:

Douglas, Renan, Andrezinho, Márcio Cleick e Alan (Anderson); Beto, Gullit, Digão, Muniz e Ronaldo (Bruno Andrade); Biula (Gláucio).
Técnico: Baiano.>

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Finalmente, Portuguesa Carioca reencontra o caminho das vitórias

< Após 7 derrotas seguidas, 8 partidas sem vencer, mudança de técnico e com as chances de subir à elite em 2010 acabadas a Portuguesa tenta ao menos terminar na melhor colocação possível este Estadual da série B.

Nesta sábado o time comandado por Baiano conseguiu conquistar a vitória sobre o Riostrense por 2 a 1, na Ilha do Governador.

A Lusa, enfim, tirou o peso da sequência de 7 derrotas e voltou a vencer e subir uma colocação. Atualmente tem 11 pontos, na 8ª posição.

O time da Ilha foi melhor durante todo o decorrer da partida, mesmo com muitas mudanças e alguns jovens jogadores provenientes da base do clube.

A Portuguesa fez seu primeiro gol ainda na etapa inicial. Aos 32 minutos, o atacante Biula, que ficou alguns meses se recuperando de lesão, cabeceou para o gol e contou com a ajuda do goleiro Jéferson que falhou na jogada.

O segundo dos donos da casa aconteceu quando Marcelinho chutou forte da entrada da área e ampliou a vantagem da Lusa, já aos 42 minutos do segundo tempo.

O Riostrense fez seu único gol da partida, já no apagar das luzes. Aos 44 minutos, 2 após o segundo da Portuguesa, Igor descontou: fazendo 2 a 1.

A próxima partida da Lusa será nesta quarta-feira contra o poderoso América fora de casa.


Ficha técnica:

Portuguesa 2 x 1 Riostrense

Local: Luso Brasileiro - Ilha do Governador
Dia: 11/11/09 16 horas

Gols: Biula e Marcelinho (POR) e Igor (RIO)

Árbitro: Ivair Francisco da Silva
Assistentes: Jorge Luis Roque e Lino de Paula Leite

Portuguesa:
Douglas, Anderson, Andrezinho, Márcio Cleick e Alan; Yuri, Beto, Gullit e Ronaldo (Nilo); Biula (Orlando) e Gláucio (Marcelinho).
Técnico: Baiano.

Riostrense:
Jéferson, Wellington, Rodrigo, Alexandre e Diego (Luã); Weverton (Carlos), Cléverson, Igor e Jaílton; Mauro e Washingthon.
Técnico: Rubens Filho.>

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Portuguesa chega a 7 derotas seguidas

< A Portuguesa Carioca conseguiu a incrível marca de 7 derrotas consecutivas no Campeonato Carioca da série B.

Este número foi "conquistado" após mais um revés do time da Ilha do Governador, desta vez perdeu pelo placar mínimo para o Goytacaz, em Campos: 1 a 0 para os mandantes.

A Portuguesa foi para a partida completamente reformulada, com alguns juniores e jogadores improvisados. Com a péssima campanha da segunda fase, resta ao clube pensar na competição de 2010 e apostar na categoria de base do clube.

O gol da partida aconteceu ainda no 1º tempo. Aos 45 minutos, Rondinelli cruzou da esquerda e Róbson completou para o fundo das redes do goleiro Douglas, da Lusa.

Apesar de ter ainda todo o segundo tempo para buscar o empate o time da Ilha não conseguiu reverter o placar. A situação ficou mais complicada quando o meia Muniz, que atuou pela zaga, levou o segundo amarelo e por consequência o vermelho.

A Portuguesa permanece com 8 pontos, e ocupando a penúltima colocação do grupo e enfrenta neste sábado o Riostrense, o lanterna.

Ficha técnica:

Goytacaz 1 x 0 Portuguesa

Local: Ary de Oliveira - Campos
Dia: 11/11/09 16 horas

Gol: Róbson (GOY)

Árbitro: Rodrigo Saraiva Castanhera
Assistentes: Júlion Campana de Carvalho e Luciano Santos de Lima

Goytacaz:
Erivélton, Flávio Medina, Cadão, João Carlos e Rondinelli (Hamilton); Bidu, Leandro Leite (Flávio Pinto), Gabriel e Naylor (Fábio Tenório); Jean Sá e Róbson.
Técnico: Dário Lourenço

Portuguesa:
Douglas, Renanzinho, Andrezinho, Gulit e Alan; Yuri, Beto, Digão (Anderson) e Muniz; Alex Alves (Biula) e Gláucio (Marcelinho)
Técnico: Baiano. >

sábado, 7 de novembro de 2009

Portuguesa perde em casa para o líder Olaria

< A missão da Portuguesa Carioca na tarde desta sábado era muito difícil. Primeiro enfrentar o forte calor que fez no Estádio Luso Brasileiro, na Ilha do Governador e segundo, o líder da competição com até então com 23 pontos, o Olaria, contra apenas 8 pontos somados do time Insulano.

Em um jogo equilibrado, as equipes não tiveram muitas chances de gol. Na etapa inicial o Olaria abriu o placar de pênalti. O zagueiro Márcio Cleick perdeu a bola no meio campo e o Olaria arrancou pela esquerda, Diego cruzou para a área e novamente Márcio Cleick falhou, colocando a mão na bola. O árbitro Lenilton Rodrigues interpretou que o toque foi intencional e assinalou penalidade máxima em favor dos visitantes. Renato bateu bem, sem chances de defesa para Douglas.

O Olaria perdeu a chance de ampliar sua vantagem ainda no 1º tempo. Cruzamento da direita, o goleiro Douglas saiu e a bola sobrou livre para Aleilson bater para fora.

A etapa final não teve gols, mas as chances de convertê-los foram maiores. Ainda mais após a expulsão do zagueiro Calisto, do Olaria, no 1º minuto do segundo tempo, resultado do segundo amarelo na partida.

A Lusa por pouco não empatou em um chute de bola da área de Andrezinho que quicou na grama e quase enganou o goleiro Ângelo que se por ventura a bola entrasse levaria o chamado "frango", porém para a sorte do Olaria e azar da Portuguesa a bola parou no travessão.

O goleiro da Lusa, Douglas, ainda salvou seu time de levar o segundo, quando Thiago Eleutério passou pela zaga Lusitana e ficou cara a cara com a meta insulana, Douglas atentou fechou o ângulo e impediu que o meia adversário marcasse.


O próximo adversário da Portuguesa será o Goytacaz, em Campos nesta quarta-feira.

Ficha técnica:

Portuguesa 0 x 1 Olaria

Local: Luso Brasileiro - Ilha do Governador
Dia: 07/11/09 16 horas

Gol: Renato (OLA)

Árbitro: Lenilton Rodrigues Gomes Júnior
Assistentes: Luiz Felipe Scofield e Marcos Antônio Bastos Júnior

Portuguesa:

Douglas, Mineiro (Beto), Andrezinho, Márcio Cleick e Ronaldo; Renanzinho (Taylan), Gulit, Digão e Muniz; Alex Alves e Gláucio
Técnico: Baiano.

Olaria:
Ângelo; Ivan, Tinoco, Diego e Calisto; Davi (Thiago Eleutério), Renato, Araruama (Juninho) e Vinícius (Renan); Aleilson e Cacá
Técnico: Amilton Oliveira. >

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Mesmo de técnico novo, Lusa volta a perder

< Sob forte calor em São João de Meriti, a Portuguesa Carioca enfrentou a equipe do Sendas, que luta por umas das duas vagas na elite do futebol Carioca.

Mudou de técnico, porém o placar adverso dos últimos jogos permaneceu. O sendas venceu a Lusa por 3 a 1 e chegou aos 21 pontos, permanecendo na 3ª colocação. Enquanto a equipe da Ilha do Governador ocupa a modesta e penúltima colocação (9º lugar), com apenas 8 pontos somados em 11 jogos.

O primeiro tempo não teve grandes oportunidades, porém o time da Portuguesa foi ligeiramente melhor e teve as chances mais claras de gol, principalmente pela ala direita, onde Renanzinho ficava por muitas vezes livre e cruzava para a área.

As tabelas do time Lusitano envolviam a defesa do Sendas, que graças aos desfalques era composta por jogadores reservas, e quase fizeram a Lusa abrir o placar em uma cabeçada de Alex Alves.

Porém, foi no segundo tempo que os 4 gols da partida saíram. Logo no começo da etapa final, Rafael Donato, zagueiro de ótima estatura do Sendas, testou para o fundo das redes do goleiro Douglas.

O time da Portuguesa não desistia e foi em um lance despretensioso que conseguiu seu empate. Um chute de fora da área de Renanzinho que ainda desviou na zaga do Sendas e enganou o goleiro Cléber.

Com o empate a Portuguesa queria a virada e apostava nos contra-ataques com a velocidade do atacante "Voador" Alex Alves.

Mas o Sendas que fez o seu segundo na partida. Um gol, por sinal, muito parecido com o 1º: bola cruzada na área e novamente Rafael Donato e novamente de cabeça colocou o time da casa mandando no placar.

Ainda no final da partida, aos 39 minutos, um lance que preocupou a todos no CT do Sendas. O volante Renatinho chocou-se com o muro atrás do gol e ficou alguns instantes desacordado. Todos os jogadores de ambas as equipes assim como os médicos prestaram socorro ao atleta, que foi levado de ambulância para o hospital.

Renatinho foi transportado consciente, porém ainda com forte dores de cabeça.

A partir daí, o Sendas apenas administrava o jogo. Chegou ao 3º em uma falha do setor defensivo da Portuguesa. Bola perdida pela Lusa e Castro, livre, fuzilou o goleiro Douglas.

O próximo adversário da Portuguesa será contra o Olaria neste sábado no Estádio Luso Brasileiro.

Olaria que é o líder com 23 pontos, seguido do América com 22 e o Sendas com 21.


Ficha técnica:


Sendas 3 x 1 Portuguesa

Local: CT Sendas - São João de Meriti
Dia: 04/11/09 16 horas

Gols: Rafael Donato (2x) e Castro (SEN) e Renanzinho (POR)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá
Assistentes: Edinei Guerreiro Mascarenhas e Marco dos Santos Peçanha

Sendas:
Cléber, Tiago Ramos, Rafael Donato, Denner e Paulo Vítor; Umberto, Márcio Gomes, Gustavo (Vítor Rossini) e Gustavo Correia (Serginho); Denílson (Castro) e Leandro Costa.
Técnico: Waguinho Dias.

Portuguesa:

Douglas, Renanzinho, Andrezinho, Márcio Cleick e Alan; Renatinho (Ronaldo), Gulit, Digão e Bruno Andrade (Gláucio); Orlando (Marcelinho) e Alex Alves.
Técnico: Baiano. >

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Rubens Filho deixa comando técnico da Lusa

< Rubens Filho não é mais o técnico da Portuguesa Carioca. Na tarde desta terça-feira, Rubens entregou o carga à disposição da diretoria que para seu lugar colocou Baiano, técnico da equipe de juniores.

Baiano comandou a equipe de profissionais por duas vezes ano passado: após a saída de Rubens Filho e de Rui Mendes.

Rubão comandou a equipe em 7 jogos, foram 2 vitórias, 1 empate e 4 derrotas.

Portuguesa 4 x 2 Goytacaz
Riostrense 2 x 3 Portuguesa
Portuguesa 0 x 0 América
Bonsucesso 4 x 0 Portuguesa
Quissamã 3 x 0 Portuguesa
Portuguesa 2 x 0 Nova Iguaçu
Portuguesa 1 x 2 Artsul

Amanhã a equipe enfrenta o Sendas em São João de Meriti às 16 horas. >

domingo, 1 de novembro de 2009

Time da Ilha decepciona mais uma vez

< Realmente o time de Rubens Filho parece não se encontrar em campo. Após 3 derrotas sem marcar gols, dessa vez foi o time do Artsul que conseguiu arrancar os 3 pontos da Portuguesa dentro de seus domínios, o Estádio Luso Brasileiro.

O time da Ilha foi derrotado por 2 a 1 e permaneceu com 8 pontos apenas, na vice-lanterna da competição com chances praticamente zeradas de chegar à elite do futebol Carioca no ano de 2010.

No 1º tempo a Portuguesa começou ligeiramente melhor e perdeu uma chance clara de gol com o atacante Bruno Andrade.

Mas quem abriu o placar foi o time visitante. Antes mesmo da parada técnica de 2 minutos que acontece em todos os jogos da série B do Carioca, em resultado de uma falha do sistema defensivo da Portuguesa, Ricardo recebeu livre e abriu o marcador para o Artsul.

O time da Lusa parecia afobado e errava muitos passes. Em uma bola perdida no meio de campo, Geovane do Artsul, arrancou pelo meio e por pouco não ampliou a vantagem ainda na etapa inicial.

Porém, Alex Alves deixou tudo igual ainda nos primeiros 45 minutos. O jogador recebeu e tocou na saída do goleiro Márcio que ainda desvio na bola e por pouco a mesma não saiu para a linha de fundo, mas para a sorte dos torcedores lusitanos ela foi parar no fundo das redes do Artsul.

A virada da Portuguesa quase aconteceu em uma cabeçada de Bruno Andrade no fim da etapa inicial. Entretanto a bola parou na trave de Márcio.

A etapa complementar começou como terminou a inicial: Bruno Andrade perdendo mais uma chance de virar para os Lusitanos.

O Artsul acordou na partida e Geovane por pouco não colocou os visitantes novamente na frente, em um contra-ataque, mas o camisa 10 do Artsul foi parado pelo goleiro Marcos Leandro que saiu muito bem do gol.

O segundo gol do Arstul aconteceu em uma cobrança de bola parada. Onde o zagueiro Abílio subiu mais alto que a zaga lusitana e cabeceou, fazendo 2 a 1.

No fim, Renatinho desperdiçou a última chance da Lusa de conseguir pelo menos 1 ponto em casa.

O Próximo adversário da Portuguesa será o Sendas, em São João de Meriti, nesta quarta-feira.


Ficha técnica:

Portuguesa 1 x 2 Artsul

Local: Luso Brasileiro - Ilha do Governador
Dia: 31/10/09 16 horas

Gols: Ricardo e Abílio (ART) e Alex Alves (POR)

Árbitro: Antônio Frederico
Assistentes: Sérgio Waldman e Andréa Izaura Maffra

Portuguesa:
Marcos Leandro, Tiago (Biula), Andrezinho, Márcio Cleick e Alan; Renatinho, Gulit, Muniz e Digão (Renanzinho) ; Bruno Andrade (Orlando) e Alex Alves.
Técnico: Rubens Filho.

Artsul:
Márcio, Túlio, Abílio, Diogo e Mathaus; Gean, Eliel (Luan), Geovane e Diego (Maicon); Vinícius e Ricardo (Ednaldo).
Técnico: Rogério Furtado Pina >

domingo, 25 de outubro de 2009

Portuguesa perde a 3ª seguida no Estadual da série B

< Ontem o turno foi encerrado e a Portuguesa perdeu mais uma, é o terceiro revés seguido do time Lusitano, o grande detalhe foi que nas 4 últimas partidas a Portuguesa Carica não marcou gols (Portuguesa 0 x0 América, Bonsucesso 4 x 0 Portuguesa, Quissamã 3 x 0 Portuguesa e Portuguesa 0 x 2 Nova Iguaçu).

O jogo não teve grandes oportunidades de gols, na 1ª etapa o Nova Iguaçu foi ligeramente melhor, mas não teve o domínio completo da partida.

Rubens Filho veio com algumas mudanças no time titular, além do suspenso Renatinho que não jogou, Francis começou como titular da zaga da Lusa e Bruno Andrade no ataque.

Na etapa final, a Portuguesa começou melhor perdendo algumas chances de gol. Porém o zagueiro Francis recebeu o segundo cartão amarelo, ao parar um contra ataque do Nova Iguaçu e por consequêcia levou o vermelho.

Quem abriu o placar foi a equipe visitante. Aos 22 minutos, Éberson ficou frente a frente com Marcos Leandro e chutou no canto. Os jogadores da Lusa reclamaram bastante de impedimento na jogada.

Pouco tempo depois, aos 30 novamente Éberson (ex jogador da Portuguesa Carioca) chutou de fora da área fazendo o segundo do time da baixada.

Já na parte final da partida a Portuguesa perdeu mais um jogador. O volante Dênis sofreu uma lesão no tornozelo e teve que abanonar a partida, e como Rubens Filho já havia feito as 3 substituições, o time terminou com 9 atletas.

O clube ocupa agora a 9ª (penúltima) colocação, permanecendo com 8 pontos.

O próximo adversário é o Artsul, pela primeira rodada do returno, no próximo sábado na Ilha do Governador. Lembrando aos torcedores que as partidas agora começam às 16 h devido ao horário de verão.


Ficha técnica:

Portuguesa 0 x 2 Nova Iguaçu

Local: Luso Brasileiro - Ilha do Governador
Dia: 24/10/09 16 horas

Gols: Éberson (2 x) (N.Iguaçu)

Árbitro: William Nery
Assistentes: Claudio de Oliveira Soares e Vinícius do Nascimento

Portuguesa:
Marcos Leandro, Renanzinho (Orlando), Francis (EXPULSO), Márcio Cleick e Ronaldo (Alan); Dênis, Andrezinho, Muniz e Digão ; Bruno Andrade (Gláucio) e Alex Alves.
Técnico: Rubens Filho.

Nova Iguaçu:
Henrique, Juan, André Paulino, Éderson e Amarildo; Vágner, Alex Faria, Rafael (Marcos Vinicius) e Zambi; Éberson e Lukian (Giordano)
Técnico: Toninho Barrozo.>

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Portuguesa mais uma vez é goleada fora de casa

< Mais uma vez a Portuguesa perdeu de goleada nesta reta final de Campeonato Carioca da Serie B. Após ser derrotada pelo Bonsucesso por 4 a 0, a Lusa foi a Quissamã nesta quarta enfrentar os donos da casa e foi goleada por 3 a 0.

Agora a situação do clube se complicou de vez. O time ocupa apenas a 8ª colocação com 8 pontos, muito distante da tão sonhada vaga entre os 2 primeiros, que dão acesso à elite do futebol Carioca. Os primeiros colocados, Olaria e Sendas, respectivamente, têm 17 pontos, nove a mais que a Lusa Carioca.

O Quissamã abriu o placar aos 37 minutos ainda da etapa inicial com o atacante Diniz.

No intervalo, o técnico Rubens Filho tentou acertar o time para conseguir a virada no segunda etapa, porém a vitória não veio e o placar no segundo tempo se tornou ainda mais elástico.

Aos 28 do 2º tempo o ala direito Robertinho fez o segundo do Quissamã. A partir daí os donos da casa administraram a partida e ainda no fim do jogo conseguiram marcar o terceiro com Pipico, que veio do banco de reservas.

O árbitro Wagner dos Santos Rosa, no último minuto de jogo, expulsou o lateral esquerdo do Quissamã Rodrigo, por entrada violenta em Alan, da Portuguesa Carioca.

O próximo adversário da Lusa é o Nova Iguaçu, neste sábado às 16h no Estádio Luso Brasileiro.

Ficha técnica:
Quissamã 3 x 0 Portuguesa

Local: Antônio Carneiro da Silva - Quissamã
Dia: 21/10/09 16 horas

Gols: Diniz, Robertinho e Pipico (QUI)

Árbitro: Wagner dos Santos Rosa
Assistentes: Wellington Pereira da Silva e Daniel do Espírito Santo Parro

Quissamã:
Espíndula, Robertinho, Foleti, Jádson e Rodrigo (EXPULSO); Amaral, Cortês, Adão (Maranhão) e Danilo (Pipico); Cleiton e Diniz (Ricardo).

Portuguesa:
Marcos Leandro, Leandro, Andrezinho e Márcio Cleick; Renanzinho, Beto (Bruno Andrade), Dênis (Ronaldo), Digão e Alan; Orlando e Alex Alves.
Técnico: Rubens Filho. >

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Portuguesa é goleada pelo Bonsucesso

< Em uma tarde desastrosa para a Portuguesa Carioca, o time da Ilha foi a Bonsucesso enfrentar os donos da casa no Estádio Leônidas da Silva e voltou com um péssimo resultado na bagagem: uma derrota por 4 a 0.

O time da Lusa até começou jogando bem e pressionando bastante o adversário, o time de Rubens Filho perdeu duas boas oportunidades de gol ainda no começo do 1º tempo.

Porém quem abriu o placar foi o Bonsucesso. Os 33 minutos, Paty chutou no canto e o goleiro Marcos Leandro não conseguiu fazer a defesa.

A partir daí, o time Lusitano se desarrumou em campo e levou o segundo gol no finzinho da 1ª etapa. Após falha do sistema defensivo, novamente Paty marcou para os anfitriões.

O segundo tempo começou e a história não se modificou, a Portuguesa permaneceu não se encontrando em campo e logo aos 9, Alan fez o terceiro do Bonsucesso.

O 4º veio aos 22 minutos, quando Amauri acertou um belo chute de fora da área, sem chances de defesas para Marcos Leandro.

A Lusa ainda teve um gol anulado pro impedimento.

O time da Ilha ocupa a 6ª posição com 8 pontos em 7 jogos. O próximo adversário é o Quissamã, 8º colocado com 7 pontos, nesta quarta-feira em Quissamã.

Ficha técnica:

Bonsucesso 4 x 0 Portuguesa

Local: Leônidas da Silva - Bonsucesso
Dia: 17/10/09 15 horas

Árbitro: Agnaldo Xavier Farias
Assistentes: Luiz Antônio Muniz e Marcos Antônio Santos

Gols: Paty (2 vezes), Alan e Amauri (BON)

Bonsucesso:
Rodrigo, Arílson, Vítor Hugo, Jhonata e Esquerdinha (Marlon); Willian (Júnior), Douglas (Daniel), Bruninho e Amaurí; Paty e Allan.
Técnico: Ronald Cabral.

Portuguesa:
Marcos Leandro, Marcelinho, Andrezinho, Márcio Cleick e Alan; Renatinho (Gláucio), Fábio Azevedo, Muniz e Digão (Bruno Andrade); Orlandinho (Dênis) e Alex Alves
Técnico: Rubens Filho >

OPG - Portuguesa joga melhor que Flu, mas apenas empata

< Na manhã deste sábado, a equipe de juniores da Portuguesa enfrentou pelo Torneio Otávio Pinto Guimarães o Fluminense, abrindo o returno da competição.

A Portuguesa foi superior em todo o jogo mas graças ao goleiro Kléver do tricolor, que foi o melhor jogador em campo, o time da Ilha não saiu vencedor do Luso Brasileiro.

O primeiro tempo foi um pouco mais equilibrado do que a segunda etapa. Após a expulsão do zagueiro Ricardo, do Fluminense, o domínio da Portuguesa foi maior ainda. Diversas chances foram desperdiçadas pelo ataque do time Lusitano. A maior parte delas o goleiro do Flu operou milagres.

Graças a grande inspiração do arqueiro, o Flu escapou de perder sua invencibilidade nesta fase da OPG.

O jogo ficou mesmo no 0 a 0, mas para os meninos da Portuguesa o sabor do empate foi amargo devido as circuntâncias da partida. A próxima partida será contra o Três Rios fora de casa.

Classificação:

1º Fluminense 13 pontos
2º Tigres do Brasil 8 pontos
3º Portuguesa 6 pontos
4º Três Rios 3 pontos
5º Rio de Janeiro 2 pontos

Classificam-se os 2 primeiros deste grupo D.

Ficha técnica:
Portuguesa 0 x 0 Fluminense

Local: Luso Brasileiro - Ilha do Governador
Dia: 17/10/09 10 horas

Árbitro: Uberlan de Souza Vasconcelos
Assistentes: Luthiane Francisco Ferraz Rosa e Francisco Ubirajara Neves Oliveira

Portuguesa:
Leo; Anderson, Cássio, Cléber e Warley; Índio (Felipe), Jefinho (Jocinei), Tiago Magé e Nilo (Willian César); Taylan e Willian.
Técnico: Baiano

Fluminense:
Kléver, Ryan, Brayan, Ricardo (expulso) e Ayrton; Neves, Marlon, Lima (Dudu) e Bruno; Gean (Gullithi) e Stéfano (Dori)
Técnico: Mário Marques >

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Portuguesa fica no empate com América na Ilha

Foto: Caio Renan

< Em um jogo apenas morno a Portuguesa Carioca apenas empatou com o América no Luso Brasileiro, na Ilha do Governador.

Com esse resultado o técnico Rubens Filho permanece invicto sob o comando do time Lusitano, ele que está
no clube desde a vitória sobre o Goytacaz de virada por 4 a 2.

A partida foi marcada pela intensa disputada de bola no meio de campo, as duas equipes quase não chegaram ao gol do adversário. Os lances de mais perigos aconteceram em falhas individuais.

Na primeira etapa, a oportunidade mais emocionante aconteceu quando em um lançamento da zaga do América, Marcos Leandro saiu do gol para isolar a bola. Mas para azar do goleiro da Lusa a bola bateu nas costas do atacante do América e por pouco os visitantes não abriram o placar.

De fato o goleiro Roberto, do América, não pegou na bola.

O outro lance que assustou a torcida da Portuguesa, que assim como a do América, compareceu em grande número ao Estádio, foi na segunda etapa, quando mais uma vez, Marcos Leandro bobeou. Dessa vez numa saída de bola que só não resultou em gol do Alvi-Rubro devido a boa recuperação do próprio Marcos Leandro e da zaga da Portuguesa.

O time de Rubens Filho perdeu uma peça importante logo nos minutos iniciais do segundo tempo. O lateral Renanzinho foi expulso por fazer uma falta que parou o contra-ataque do América. Como o ala direito era o último homem, o árbitro Gutemberg de Paula Fonseca aplicou o vermelho direto.

Com um a menos a situação da Lusa não melhorou, mas também não piorou. Permaneceu até um fim um jogo muito amarrado e sem criatividade de ambas as partes. A Lusa arriscava de fora da área mas sem qualquer perigo. A próxima partida da Portuguesa Carioca será neste sábado contra o Bonsucesso, no Leônidas da Silva, em Bonsucesso às 15 horas.

Ficha técnica:

Portuguesa 0 x 1 Sendas

Local: Luso Brasileiro - Ilha do Governador

Dia: 14/10/09 15 horas


Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca

Assistentes: João Luiz Coelho e José Ronaldo da Silva


Portuguesa:

Marcos Leandro, Renanzinho (expulso), Andrezinho, Márcio Cleick e Alan; Fábio Azevedo, Muniz, Renatinho (Dênis) e Digão; Orlando (Tiago) e Alex Alves (Marcelinho).

Técnico: Rubens Filho


América:

Roberto, Claudemir, Ciro, Nailton e Da Costa; Márcio, Diguinho (Léo), Júnior (Gerson) e Têti (Thiago); Adriano e Alexsandro

Técnico: Clóvis de Oliveira >

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Portuguesa vence segunda seguida de virada

< Neste sábado a Portuguesa foi a Rio das Ostras enfrentar o Riostrense e venceu por 3 a 2, assim como contra o Goytacaz na Ilha do Governador, de virada.

Os donos da casa abriram o marcador com Fábio, aproveitando um cruzamento da direita. Após o gol, o time da Portuguesa Carioca acordou e não demorou para deixar tudo igual.

Antes de fazer o primeiro, Fábio Azevedo ainda perdeu chance clara, mas foi Renanzinho que fez o gol da Portuguesa, resultado de uma cobrança de penalti, sofrido pelo atacante Alex Alves.

A virada da equipe da Ilha aconteceu ainda no 1º tempo, aos 20 minutos Renanzinho bateu falta e Orlando completou de cabeça, fazendo 2 a 1.

O Riostrense tentou empatar ainda no fim da etapa inicial, mas sem criatividade não conseguiu sufocar e dominar o time Lusitano.

No segundo tempo, não demorou muito para a Lusa fazer o 3º. Aos 11, em bola sobrada na área, Orlando marcou novamente, fazendo seu segundo gol na partida, o terceiro da Lusa.

A Portuguesa administrou o jogo, mas aos 30 levou o segundo do Riostrense. Washington driblou a zaga da Lusa e chutou na saída de Marcos Leandro. Porém os donos da casa não conseguiram o tão sonhado empate.

Próximo jogo da Portuguesa será nesta quarta-feira contra o América no Luso Brasileiro, às 15 horas.

Ficha técnica:
Riostrense 2 x 3 Portuguesa

Local: Estádio Julieta Vianna - Rio das Ostras
Dia: 10/10/09 15 horas

Árbitro: Fábio Calábria
Assistentes: José Carlos de Arruda e Fábio Torres de Souza

Gols: Fábio e Washington (RIO) e Renanzinho e Orlando (2x) (POR)

Riostrense:
Jeferson, Wellinton, Cavalo, Cleiton e Dieguinho; Gava, Nick, Igor (Washington) e Toró; Fábio e Romário (Max).
Técnico: Jonas Siqueira.

Portuguesa:
Marcos Leandro, Renanzinho, Andrezinho, Márcio Cleick e Alan; Fábio Azevedo, Muniz, Renatinho e Digão (Dênis); Orlando (Gláucio) e Alex Alves (Marcelinho).
Técnico: Rubens Filho >

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Após brilhante segundo tempo, Lusa vira sobre o Goyta

< Tendo no comando técnico o estreante Rubens Filho, a Lusa conseguiu uma belíssima vitória em casa sobre o Goytacaz de virada. O placar final ficou no 4 a 2 em favor do time da Ilha.

Rubens Filho, que apenas teve 1 dia pra trabalhar com seus comandados ainda foi pego de surpresa com mais um problema no aquecimento, minutos antes do jogo. O zagueiro Carlos Renan sentiu e não pode jogar. Em seu lugar entrou o meia Fábio Azevedo.

Primeiro tempo de poucos lances de perigo de gol. As duas únicas chances de gol clara dos visitantes foram convertidas por eles. Aos 13, Ziquinha cruzou e, contando com a falha de Marcos Leandro, Hércules completou pro gol de cabeça.

E em um contra-ataque mortal do Goyta, Ziquinha passou com facilidade pela zaga do time Lusitano e fez o segundo, aos 29 minutos da etapa inicial.

A bronca do sempre agitado Rubens Filho, no intervalo, deu resultado e o time da Ilha voltou com Gláucio no ataque no lugar de Fabiano que saiu machucado e com outra postura.

O próprio Gláucio perdeu duas chances claras logo no começo. A pressão da Lusa era tamanha que o Goytacaz não resistiu.

Aos 8 minutos, Fábio Azevedo que foi escalado de última hora fez uma bela jogada e chutou, diminuindo para a Portuguesa Carioca.

Pouco tempo tempo, aos 17 minutos após um escanteio cobrado por Alan e muito bem cobrado por sinal, a bola foi na cabeça de Márcio Cleick que não perdoou e empatou a partida.

A partir daí a pressão só aumentou. A Torcida presente no Estádio Luso Brasileiro entoava o grito de: "EU ACREDITO" e acreditava na virada da Portuguesa Carioca.

E ela veio quando o árbitro Péricles Cortez assinalou, acertadamente, penalti sobre meia que atuou lateral direita Renanzinho. Ele mesmo bateu, no canto esquerdo do goleiro Adriano e converteu, fazendo a tão sonhava virada.

E ainda deu tempo do time de Rubinho fazer o 4º gol e consolidar a bela vitória. Digão chutou de fora da área. Ele que é meia, mas também havia marcado no jogo contra o Olaria.

Com esse resultado a Portuguesa soma 4 pontos em 4 jogos. O próximo jogo do time será sábado contra o Riostrense, em Rio das Ostras.

Ficha técnica:
Portuguesa 4 x 2 Goytacaz

Local: Luso Brasileiro - Ilha do Governador
Dia: 07/10/09 15 horas

Árbitro: Péricles Cortez
Assistentes: Michel Correia e Francisco Pereira de Sousa

Gols: Hécules e Ziquinha (GOY) e Fábio Azevedo, Márcio Cleick, Renanzinho e Digão (POR)

Portuguesa:
Marcos Leandro, Renanzinho, Andrezinho, Márcio Cleick e Alan; Fábio Azevedo (Tiago), Muniz, Renatinho (Leozinh) e Digão; Fabiano (Gláucio) e Alex Alves.
Técnico: Rubens Filho

Goytacaz:
Adriano, Flávio Medina, Cadão, Hamilton e Bidu; João Carlos, Flávio Santos (Tenório), Jean Carlo (Edson Jr) e Leandro Leite; Hércules e Ziquinha (Róbson).
Ténico: Dário Lourenço. >

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Rubens Filho é o novo técnico da Portuguesa

< Pouco depois a demissão de Marcelo Buarque, a diretoria da Portuguesa Carioca já tem um substituto para comandar a equipe para o jogo de amanhã contra o Goytacaz e para o resto da competição.

Após reunião feita nesta segunda que decidiu o futuro de Marcelo e da Lusa, o clube agiu rapidamente e apresentou na tarde desta terça-feira Rubens Filho, que já comanda o treino e se concentrará juntamente com a equipe para o jogo de extrema importância de amanhã, onde a Lusa enfrenta o líder, com 100% de aproveitamento, o Goytacaz.

Rubens Filho treinou a equipe no Estadual do ano passado, e fez boa campanha com o time insulado. No começo do ano, havia especulação de que Rubens Filho poderia retornar, mas Marcelo Buarque foi apresentado. Rubens que treinou nesta temporada o Mesquita.
>

Marcelo Buarque não é mais o comandante da Lusa


< Marcelo Buarque não é mais o técnico da Portuguesa Carioca.

Após 3 jogos na segunda fase do Estadual da Série B e apenas 1 ponto (empate contra o Artsul fora de casa por 1 a 1, derrotas para Sendas por 1 a 0 em casa e para o Olaria por 2 a 1 na Bariri), Marcelo foi demitido na tarde desta segunda-feira pelo Presidente do clube Antônio Augusto Abreu.


Com excelente campanha na 1ª fase do Estadual, tendo passado várias rodadas na liderança, a Portuguesa começou mal a fase final da segundona e ocupa apenas a 8ª colocação, longe das expectativas de todos do clube, que esperam alcançar uma vaga na elite do futebol Carioca.

Lembrando que apenas os dois primeiros deste grupo C conseguem o acesso à 1ª divisão em 2010. >



domingo, 4 de outubro de 2009

Portuguesa perde mais uma no Carioca da série B

< O time da Ilha foi neste sábado à Rua Bariri enfrentar o Olaria e mais uma vez não conseguiu um bom resultado.
Perdeu por 2 a 1 para os donos da casa e se complicaram neste fase final da Segundona.

A Portuguesa até começou melhor e tentando abrir o placar, tendo muitas chances de gol desperdiçadas, o que o técnico Marcelo Buarque já reclama há tempos de seus comandados.

Porém, foi o Olaria que abriu o placar. Em resultado de um cruzamento, Hevandro fez 1 a 0 em favor dos mandantes, aos 20 do 1º tempo.

Na etapa complementar, a Lusa buscou o empate desde o começo. E o feito aconteceu logo aos 7 minutos, quando Digão, livre, se aproveitou do rebote de Ângelo do Olaria, e deixou tudo igual na Bariri.

A partir daí, o time da Ilha teve chances de virar o marcador e sair de Olaria com uma bela vitória. Renanzinho e Carlos Renan tiveram chances de fazer o segundo da Lusa, mas para a tristeza dos torcedores da Portuguesa Carioca no Estádio Mourão Filho, eles não aproveitaram a oportunidade, graças também as excelentes defesas do goleiro do Olaria.

Os donos da casa voltaram a mandar no marcador, 7 minutos após o empate da Lusa. Aos 14, em cobrança de falta, Renato fez o segundo do Olaria.

O time de Marcelo Buarque tentou desempatar e fez uma pressão no fim da partida, mas o Olaria apostava nos contra-ataques e também assustava o goleiro Marcos Leandro.

O jogo ficou no 2 a 1 em favor do Olaria, o que torna cada vez mais difícil a situação da Lusa na competição.

Próxima partida da Portuguesa será nesta quarta-feira, contra o Goytacaz, na Ilha do Governador.

Ficha técnica:
Olaria 2 x 1 Portuguesa

Local: Rua Bariri - Olaria
Dia: 03/10/09 15 horas

Árbitro: Djalme José Beltrami
Assistentes: Marçal Rodrigues e Márcio da Silva

Gols: Hevandro e Renato (OLA) e Digão (POR)

Olaria:
Ângelo, Ivon, Tinoco, Diego e Calisto; David, Araruama, Juninho e Flamel (Renato); Hevandro (Jeferson Madeira) e Cacá (Douglas Silva).
Técnico: Amilton Oliveira

Portuguesa:
Marcos Leandro, Renanzinho, Andrezinho, Carlos Renan e Alan; Dênis (Orlandinho), Muniz, Renatinho e Digão; Bruno Andrade (Leozinho) e Alex Alves (Marcelinho).
Técnico: Marcelo Buarque >


quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Mais uma vez, Lusa perde em casa para o Sendas

< Assim como na estreia do Carioca da série B, a Lusa enfrentou pela segunda rodada da 2ª fase do Estadual da segundona a equipe do Sendas, na Ilha do Governador.

Após o empate por 0 a 0 contra o Artsul no último sábado, a Portuguesa jogou contra o Sendas e perdeu por 1 a 0. Com isso, o time insulano soma apenas 1 ponto, enquanto o Sendas conseguiu sua segunda vitória em dois jogos e lidera a chave.

Ambas as equipes tiveram boas oportunidades de abrir o placar, especialmente no segundo tempo. O lance mais perigoso da Portuguesa Carioca foi a cabeçada do meia Digão que parou no travessão do goleiro Cléber.

O gol dos visitantes aconteceu aos 35 minutos do segundo tempo, quanto Denilson chutou de fora da área.

Denilson que entrou na etapa final, fez o gol e no fim foi expulso por retardar uma cobrança de falta a favor da Lusa na intermediária.

O próximo joga da Portuguesa será nesta sábado contra o Olaria, na Rua Bariri.

Ficha técnica:
Portuguesa 0 x 1 Sendas

Local: Luso Brasileiro - Ilha do Governador
Dia: 30/09/09 15 horas

Árbitro: João Batista de Arruda
Assistentes: Eduardo de Souza Couto e Rodrigo Figueiredo Henrique Correia

Gol: Denilson (SEN)

Portuguesa:

Marcos Leandro, Tiago (Ronaldo), Andrezinho, Carlos Renan e Alan; Beto (Dênis), Muniz, Renatinho e Digão; Bruno Andrade (Gláucio) e Alex Alves.
Técnico: Marcelo Buarque

Sendas:
Cléber; Adriano, Pedrão, Emerson e Denner; Umberto, Márcio Gomes, Gustavo Correia (Denilson) e Gustavo; Serginho (Castro) e Leandro (Oliveira)
Técnico: Waguinho Dias >

domingo, 27 de setembro de 2009

Empate com sabor amargo em Moça Bonita

< A Portuguesa Carioca fez sua estreia, em Moça Bonita, contra o Artsul na tarde deste sábado.

O resultado da partida ficou como tudo começou, empate sem gols em Bangu.

Porém para todos os torcedores Lusitanos que acompanharam a partida, ficou um gosto amargo com o tal resultado, já que o time da Ilha do Governador apresentou o melhor futebol, as melhores chances e o domínio da partida, especialmente na etapa final.

O primeiro tempo foi mais equilibrado, mas sempre com o time de Marcelo Buarque procurando o gol e desperdiçando suas oportunidades.

Na segunda etapa a superioridade da Lusa ficou mais evidente. Duas chances claras foram perdidas pelo meia Renanzinho, uma em um belo chute de fora da área defendido pelo goleiro do Artsul Márcio, que foi considerado por muitos o jogador mais participativo e importante do jogo, já que salvou seu time da derrota.

No fim da partida, o artilheiro Alex Alves ainda tentou encobrir o goleiro Márcio, mas a zaga do Arstul estava atenta e impediu o gol da vitória dos insulanos.

Empate que poderia ter sido vitória para a Lusa e que deixou o clube com apenas a 4ª colocação nesta fase final da série B do carioca.

Próxima partida da Portuguesa será nesta quarta-feira, às 15 horas, no Luso Brasileiro contra o Sendas que vem de uma vitória maiúscula sobre o Bonsucesso por 3 a 1, em São João de Meriti.

Ficha técnica:
Artsul 0 x 0 Portuguesa

Local: Moça Bonita - Bangu
Dia: 26/09/09 15 horas

Árbitro:Marcelo Venito Pacheco
Assistentes: Silbert Faria Sisquim e Wendel de Paiva Gouvêa

Artsul:
Márcio, Luiz Renato, Abílio (Túlio), Carlos Vinícius e Robson (Diogo Senra); Fabiano, Vinícius, Maicon (Luan) e Douglas; Eliel e Diego.
Técnico: Rogério Pina.

Portuguesa:
Marcos Leandro, Tiago (Dênis), Andrezinho, Carlos Renan e Alan; Beto (Ronaldo), Muniz, Renanzinho e Digão; Bruno Andrade (Orlandinho) e Alex Alves.
Técnico: Marcelo Buarque.>

domingo, 20 de setembro de 2009

Portuguesa amarga mais uma derrota

< Parece que a classificação à próxima fase fez os jogadores da Lusa perderem a vontade de manter a sequência invicta de 13 jogos.

Jogando contra o Angra dos Reis, na Ilha do Governador, a Portuguesa mais uma vez não demonstrou seu melhor futebol e perdeu para o Angra dos Reis por 2 a 0.

Com alguns reservas atuando como titulares, a Portuguesa foi apenas mediana durante todo o jogo. Longe de ser um jogo disputado e com bastante movimentação os gols da partida aconteceram sem grandes jogadas trabalhadas.

Ainda no 1º tempo os visitantes abriram o placar. Em um chute de fora da área de Felipe Capixaba, sem chances de defesa de Marcos Leandro, o Angra abriu o marcador.

As chances da Lusa eram poucas e com o Angra dos Reis não era diferente.

O segundo gol saiu no começo da etapa complementar. Em um cruzamento pra área da esquerda do ataque do Angra, Andrezinho fez de cabeça contra sua própria meta.

O técnico Marcelo Buarque poupou alguns atletas por estes estarem pendurados, mas mesmo assim o treinador perdeu uma peça fundamental para a 1ª rodada da próxima fase. O meia Renatinho levou o 2º amarelo na partida e por consequência o vermelho.

E o jogo ficou nisso, derrota da Portuguesa por 2 a 0 para o Angra. Resta agora aguardar a divulgação da tabela da próxima fase.

Ficha técnica:
Portuguesa 0 x 2 Angra dos Reis

Local: Luso Brasileiro - Ilha
Dia: 19/09/09 15 horas

Árbitro: José Cássio Almeida
Assistentes: Vinícius Barone Pampurre e André Luiz da Silva Segundo

Gols: Felipe Capixaba e Andrezinho (Contra) (ANG)

Portuguesa:
Marcos Leandro, Tiago (Léo), Andrezinho, Marcelão e Waguinho; Beto (Dênis), Renatinho, Renanzinho e Digão; Orlandinho e Alex Alves (Bruno Andrade).
Técnico: Marcelo Buarque.

Angra dos Reis:
Renan, Abílio (Vagner), Léo, Márcio e Thiago; Flávio, Oliveira, Roberto e Felipe Capixaba ( Allan); Maurício (Marcelo) e Derley.
Técnico: Ricardo Barreto >

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Fora de casa, Portuguesa se reabilita no Estadual da Série B

< Vinda de 2 derrotas consecutivas, incluindo uma delas dentro de casa para o Nova Iguaçu por 3 a 0, nesta quarta-feira a Lusa foi ao Estádio Marrentão enfrentar o Miguel Couto e saiu de lá com mais 3 pontos conquistados, vencendo por 2 a 1 o Miguelão.

O primeiro tempo foi bastante movimentado, mas sem qualquer domínio de nenhuma das duas equipes. Porém, vale ressaltar que o goleiro da Lusa, Marcos Leandro, só pegava na bola nas cobranças de tiro de meta.

E foi na segunda etapa que os 3 gols da partida saíram. Logo aos 7 minutos, Alex Alves fez bela jogada e foi derrubado na área. O árbitro Elton Azevedo marcou penalti. O atacante Fabiano Silva cobrou e fez 1 a 0 para o time da Ilha.

Desesperado para conseguir o empate, o time do Miguel Couto se afabou e Alan Kardeck fez falta violenta e levou diretamente o cartão vermelho.

Com isso, o segundo gol da Lusa apareceu aos 32 minutos, quando em um belo contra-ataque, Renanzinho conduziu a bola da intermediária até dar um toque por cima do goleiro, mandando a bola para o fundo das redes do goleiro Léo.

O Miguel Couto diminui já no fim, em um cruzamento da direta de Itaguaí que o zagueiro Carlos Renan, da Portuguesa, desviou contra sua própria meta.

Com o resultado, a Guesa chega aos 30 pontos, na 4ª posição do grupo B.

Ficha técnica:
Miguel Couto 1 x 2 Portuguesa

Local: Marrentão - Xerém
Dia: 16/09/09 15 horas

Árbitro: Elton Azevedo
Assistentes: Michael Correia dos Santos e Ivan Silva Araújo

Gols: Fabiano Silva e Renanzinho (POR) e Carlos Renan (CONTRA)

Miguel Couto:
Léo; Walkir (Itaguaí), Willian, Alan Kardeck e Zé Ricardo; Pedro, Hugo (Diego), Rodrigo Nunes e Bruno Barbosa; Carlão e Bruno Félix
Técnico: Édson Souza

Portuguesa:
Marcos Leandro, Mineiro, Leandro (Márcio Cleick), Carlos Renan e Alan; Beto,Renanzinho, Muniz e Digão; Fabiano Silva (Orlandinho) e Alex Alves (Léo).
Técnico: Marcelo Buarque. >

sábado, 12 de setembro de 2009

Mesmo jogando com titulares, Lusa perde em casa para o Nova Iguaçu

< A Portuguesa Carioca vinha de uma sequência de 13 jogos de invencibilidade neste Carioca da segundona. Sequência esta quebrada pelo Aperibeense, rodada passada, quando o time da Ilha perdeu por 2 a 0 fora de casa, porém com os considerados reservas.

Hoje, mais uma derrota e desta vez, o desentrosamento não pode ser o culpado pelo revés, já que o time da Ilha jogou diante de sua torcida e com o time titular.

A Lusa Carioca, irreconhecível, perdeu para o Nova Iguaçu por 3 a 0 no Luso Brasileiro, em um jogo em que os mandantes tiveram poucas ou quase nenhuma oportunidades de gols.

O Nova Iguaçu abriu o placar aos 30 minutos da etapa inicial com o meio campista Wagner.

O placar voltou a se mexer somente na segunda etapa quando, aos 12 minutos André Paulino ampliou para os visitantes.

E não parou por aí, aos 23 minutos, Marcos Vinícius fechou o marcador e a goleada do Nova Iguaçu em plena Ilha do Governador.

E o quarto quase saiu em uma saída de gol errado do goleiro Marcos Leandro, porém o zagueiro Carlos Renan estava atento e salvou a pátria da Lusa, livrando o time do vergonhoso 4º gol.

A torcida do Nova Iguaçu que compareceu ainda pode gritar "olé" no fim da partida.

Próximo jogo da Portuguesa será nesta quarta-feira contra o Miguel Couto.

Ficha técnica:
Portuguesa 0 x 3 Nova Iguaçu

Local: Luso Brasileiro - Ilha
Dia: 12/09/09 15 horas

Árbitro: Eduardo José Rodriguez Oliveria de Araújo
Assistentes: Daniel Espírito Santo Parro e José Carlos Batista de Arruda

Gols: Wagner, André Paulino e Marcos Vinícius (N. IGUA.)

Portuguesa:
Marcos Leandro, Tiago, Andrezinho, Carlos Renan e Alan; Beto, Renatinho (Renanzinho), Muniz (Leandro) e Digão; Fabiano Silva (Orlandinho) e Alex Alves.
Técnico: Marcelo Buarque.

Nova Iguacu:
Henrique, Ederson, André Paulino, Juan e Naylhor; Amarildo, Wagner, Rafael, Alex Faria (Marcos Vinícius), Éberson (Gláuber) e Zambi (Giordano)
Técnico: Toninho Barrozo >

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Portuguesa perde para o Aperibeense e a liderança do grupo B

< Nesta quarta o elenco da Portuguesa foi a Aperibé enfrentar os donos da casa, o Aperibeense.

Após longa viagem, de quase 5 horas, a Portuguesa voltou pra casa com alguns pontos negativos na bagagem.

Além de perder por 2 a 0, perdeu a liderança do grupo e também a 2ª colocação e mais, estava invicta desde a segunda rodada.

O jogo começou com atraso de 24 minutos, devido a falta de ambulância e de médico no Estádio.

Os gols também demoraram a sair. O placar só foi modificado aos 42 minutos da etapa inicial, quanto o camisa 10 Paulo Vitor fez 1 a 0 pros donos da casa.

Aos 29 do segundo tempo, o Aperibeense empatou. Dessa vez William marcou.

Com time com vários reservas a Portuguesa não esboçou grande reação, já que a classificação está garantida, o técnico Marcelo Buarque ainda aproveitou para colocar estreantes e preparar o seu elenco para a próxima fase.

Próximo jogo da Lusa será neste sábado, às 15 horas contra o Nova Iguaçu, na Ilha do Governador.

Ficha técnica:
Aperibeense 2 x0 Portuguesa

Local: José Gonçalvez Brandão Filho - Aperibé
Dia: 09/09/09 15 horas

Árbitro: Robson Soares Mangefesti
Assistentes: Luiz Antônio Muniz de Oliveira e Ricardo Nogueira da Silva

Gols: Paulo Vitor e Willian (APE)

Aperibeense:
Xuxão; Vitinho, Fernando, Éverto e Gustavo; Giovane, Wendel (Mizael), Paulo Vitor e Juninho (Sandrinho); Willian (Santigao) e Rodrigo
Técnico: Fábio Gomes

Portuguesa:
Douglas, Mineiro, Leandro, Márcio e Waguinho; Dênis (Fábio Azevedo), Beto, Yuri e Renanzinho (Ronaldo); Ronaldo Silva e Tássio (Orlando)
Técnico: Marcelo Buarque. >

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Seguindo o caminho dos profissionais, juniores da Lusa são líderes na OPG

< Assim como a categoria profissional faz uma excelente campanha do Estadual da série B, os juniores não fazem diferente na Taça Otávio Pinto Guimarães.

Pelo grupo IV da competição, os meninos da Lusa ocupam a liderança com 13 pontos, de forma invicta, foram 5 jogos, 4 vitórias e 1 empate.

O segundo lugar é o América com 8 pontos, em 3º o Nova Iguaçu com 7, na quarta colocação o São Cristóvão com 6 pontos e na lanterna sem nenhum ponto ganho o União Central.

Campanha da Portuguesa Carioca

Portuguesa 7X1 União Central
América 0X0 Portuguesa
Portuguesa 2X1 Nova Iguaçu
São Cristóvão 1X2 Portuguesa
União Central 0X4 Portuguesa

Na próxima rodada a Portuguesa fica de folga, volta aos gramados apenas no sábado, em preliminar do profissionais (Portuguesa x Nova Iguaçu), pegando o América na Ilha. >

domingo, 6 de setembro de 2009

Em Campos, Lusa arranca empate dos mandantes

< O time da Portuguesa foi neste sábado enfrentar fora de casa a equipe de Campos, o Goytacaz.

Líder do grupo e classificada à próxima fase a Portuguesa Carioca jogou com algumas mudanças, a começar pelo goleiro titular. O dono da camisa 1 foi Brás, que estreou jogando pela Lusa, no lugar de Marcos Leandro.

O empate por 2 a 2 entre Portuguesa e Goytacaz, somado ao outro empate por 1 a 1 entre Olaria e Nova Iguaçu deixou a Portuguesa ainda na frente do grupo B, agora com 27 pontos.

Partida bastante equilibrada. Quem abriu o placar foi o Goyta, porém quem marcou para os donos da casa foi o zagueiro Carlos Renan que desviou para o fundo das redes do goleiro Brás após chute de Rondinelli.

O empate da lusa aconteceu aos 39 minutos da etapa inicial. Alex Alves cruzou e o goleiro Adriano aceitou.

A virada da Lusa aconteceu na etapa complementar. Logo aos 6 minutos, Fabiano fez 2 a 1, de cabeça.

Pouco tempo depois, os donos da casa voltaram a colocar a igualdade no placar. Bidu escorou cruzamento de Flávio Medina e fez o 2º do Goytacaz.

Ainda em trono da metade do 2º tempo, o árbitro marcou penalti a favor do time da Ilha do Governador. O lateral esquerdo Alan bateu e o goleiro do Goytacaz defendeu.

E o placar final ficou no 2 a 2 mesmo. A Lusa chegou a uma impressionante marca de não perder há 13 jogos.

Próxima partida da Portuguesa Carioca será quarta-feira (09/09) contra o Aperibeense em Aperibé, às 15 horas.

Ficha técnica:
Goytacaz 2 x 2 Portuguesa

Local: Ary de Oliveira Souza - campos
Dia: 05/09/09 15 horas

Árbitro: Wagner dos Santos Rosa
Assistentes: Flávio Manoel da Silva e Júlio Campanha de Carvalho

Gols: Carlos Renan (Contra) e Bidu (GOY) e Alex Alves (POR) e Fabiano Silva (POR)

Goytacaz:
Adriano, Sérgio Gomes (Flávio Medina), João Carlos, Cadão e Rondinelli; Bidu, Éder (Róbson), Carlos Alberto e Jean Carlo (Édson Júnior); Ziquinha e Roberto Santos.
Técnico: Dário Lourenço

Portuguesa:
Brás, Tiago, Andrezinho, Carlos Renan e Alan; Dênis (Leandro), Renatinho , Muniz e Digão; Fabiano Silva (Renanzinho) e Alex Alves (Ronaldo Silva).
Técnico: Marcelo Buarque. >

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Com excelente 1º tempo, Lusa vence Campo Grande em casa

< A Portuguesa voltou a vencer na tarde desta quarta-feira no Estádio Luso Brasileiro.

Além de mais três pontos na classificação e a vaga praticamente assegurada à próxima fase, de quebra a Lusa assumiu a liderança do grupo B com 26 pontos, contra os 25 do ex líder Olaria, que perdeu para o Goytacaz por 3 a 2, em Campos.

Como de costume, os primeiros 45 minutos da Portuguesa Carioca foram bem superiores aos da etapa final.

O Campo Grande chegou a assustar com uma bola no travessão do atacante Borges, porém foi a jogada de mais perigo do adversário durante o 1º tempo.

Aos 16 foi a vez da Lusa Carioca chegar com perigo e abrir o placar. Cruzamento de Renatinho que Alex Alves sozinho escorou pro fundo das redes do goleiro Edwin.

O segundo gol da Lusa era questão de tempo. E ele quase saiu com Digão, que recebeu belo passe de Fabiano Silva de calcanhar e chutou forte de fora da área, mas a bola desviou na zaga do Campo Grande e saiu pela linha de fundo.

Aos 39, os defensores do alvinegro não conseguiram parar mais um contra-ataque de Alex Alves (apelidado entre seus companheiros de Voador).

Em jogada de alta velocidade, Alex ampliou o marcador a favor da Lusa.

Segundo tempo bem mais morno. A jogada de maior perigo foi propriamente dita o gol do Campusca.

Após rebote do goleiro Marcos Leandro, que espalmou pra dentro da pequena área, Neto diminuiu a vantagem dos visitantes.

O Campo Grande até esboçou uma reação, mas nada que assustasse e ameaçasse a vitória da Portuguesa.

Ficha técnica:
Portuguesa 2 x 1 Campo Grande

Local: Luso Brasileiro - Ilha
Dia: 02/09/09 15 horas

Árbitro: Ivair Francisco da Silva
Assistentes: Marcos Antônio Bastos Junior e Ricardo Nogueira da Silva

Gols: Alex Alves (2x - POR) e Neto (C.GRANDE)

Portuguesa:
Marcos Leandro, Mineiro, Andrezinho, Cássio e Alan; Beto, Renatinho (Leozinho), Muniz e Digão (Renanzinho); Fabiano Silva (Guido) e Alex Alves.
Técnico: Marcelo Buarque.

Campo Grande:
Edewin, Cristiano, Paulo Roberto e Charles; Wagner Delfino, Anderson Campos, Humberto, Rafael (Neto) e Erick (Salgadinho); Borges e Vitor (Luiz Cláudio).
Técnico: Vilson Porto. >

domingo, 30 de agosto de 2009

Sem perder desde a estreia, Lusa volta a empatar

< Em um sol escaldante, a Portuguesa foi, neste sábado, à Rua Bariri enfrentar o Olaria e ficou no empate por 0 a 0.

O resultado de igualdade manteve as duas equipes nas posições que ocupavam antes do início da 3ª rodada do returno. O Olaria na liderança com 25 pontos e a Portuguesa na vice liderança com 23.

O primeiro tempo foi marcado por muitas jogadas pelas laterais do campo. Os alas foram bastante utilizadas, porém as duas equipes apenas rodeavam a área adversária, sem levar muito perigo as metas dos goleiros.

O detalhe é que o técnico Amilton Oliveira, do Olaria, perdeu seu goleiro titular ainda no primeiro tempo. Ângelo saiu machucado e deu lugar a Fernando.

Os donos da casa tiveram uma bola no travessão no começo da etapa inicial e no rebote, Marcos Leandro defendeu.
O goleiro Lusitano voltou a ter uma boa participação: defendeu um chute perigoso de Araruama, que entrava sozinho na área.

O fim do primeiro tempo foi marcado pelo domínio massacrante da Portuguesa Carioca.
O zagueiro Andrezinho marcou de cabeça mas o auxiliar marcou impedimento.
E foram mais 3 impedimentos só nos minutos finais do 1º tempo.

Na segunda etapa, novamente Andrezinho foi um dos personagens principais. Se na etapa inicial ele marcou um gol, anulado, na complementar evitou o gol do olaria em cima da linha, graças a um contra-ataque dos anfitriões e uma saída não muito boa de Marcos Leandro.

Para a Portuguesa, Beto foi o que levou mais perigo ao gol adversário, em cobrança de falta. Mineiro foi outro que assustou o goleiro Fernando.

Mas nada de gols na Bariri.

Próxima partida da Portuguesa Carioca será nesta quarta-feira, contra o Campo Grande, em casa, no Luso Brasileiro, às 15 horas.

Ficha técnica:
Olaria 0 x 0 Portuguesa

Local: Mourão Filho - Rua Bariri - Olaria
Dia: 29/08/09 15 horas

Árbitro: Marcelo Ventino Pacheco
Assistentes: José Ronaldo Braga e Marcelo da Silva Cardoso

Olaria:
Ângelo (Fernando); Flávio Pará, Diego, Tinoco e Calisto; David (Nil), Araruama, Juninho e Flamel; Hevandro (Aleilson) e Cacá.
Técnico: Amilton Oliveira

Portuguesa:
Marcos Leandro, Tiago (Mineiro), Andrezinho, Márcio e Alan; Beto, Renatinho, Muniz e Digão; Bruno Andrade (Leozinho) e Alex Alves (Ronaldo Silva).
Técnico: Marcelo Buarque. >

Juniores - Portuguesa

< Os meninos da Portuguesa estrearam na OPG vencendo por 7 a 1 o União Central.
Já na segunda rodada pegaram um adversário bem mais complicado: o América fora de casa, no Giulit Coutinho.

O jogo terminou como começou: empate sem gols. Detalhe foi que logo no 1º tempo dois jogadores foram expulsos. Primeiro um atleta do América e já no finzinho da etapa inicial Tiago Magé foi expulso, resultado do segundo amarelo.

A portuguesa teve as melhores chances nesta partida, o goleiro do América foi um dos destaques do jogo. Porém os donos da casa marcaram, mas o árbitro anulou por impedimento.

E ontem (sábado), os juniores entraram em campo novamente, desta vez contra o nova Iguacu na Ilha. O jogo aconteceu as 9 da manhã. E a Lusa voltou a vencer. Fez 2 a 1 nos visitantes. Com direito a um belo gol no fim do jogo de Taylan.

A Portuguesa chega agora aos 7 pontos e matém a invencibilidade na competição.
Próxima rodada pega o São Cristóvão em Figueira de Melo, nesta quarta-feira. >

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Quebrando sequência de empates, Portuguesa vence Villa Rio

< O time da Ilha do Governador vinha de 3 empates seguidos, que tiraram a sequência de vitórias e fazendo com que a vice-liderança do grupo fosse ameaçada.

Porém na tarde desta quarta-feira, a Portuguesa venceu em casa o Villa Rio por 2 a 1, chegando aos 22 pontos, atrás do líder Olaria.

Todos os 3 gols saíram na etapa inicial. logo aos 17 minutos, o meia campista Digão (que cumpriu suspensão rodada passada, mas retornou a equipe titular hoje) marcou de cabeça fazendo 1 a 0 a favor da Lusa.

O Villa Rio chegou ao empate somente aos 32 minutos, em uma das poucas oportunidades de gol que teve durante toda a partida. Sassá chutou na saída do goleiro Marcos Leandro e deixou o placar no Luso Brasileiro igualado.

Contudo, a felicidade dos visitantes não durou muito tempo. Três minutos após o gol de Sassá, o lateral direito Tiago, aos 35 minutos, colocou a Lusa novamente na frente do placar.

Segundo tempo sem muitos lances de emoção. A Portuguesa conseguiu segurar a vitória.

Próxima partida da Lusa será neste sábado contra o Olaria na Rua Bariri, às 15 horas.

Ficha técnica:
Portuguesa 2 x 1 Villa Rio

Local: Luso Brasileiro - Ilha do Governador
Dia: 26/08/09 15 horas

Gols: Digão e Tiago (POR) e Sassá (V.RIO)

Árbitro: André da Conceição Campolino
Assistentes: Sérgio Waldman e Antônio Francisco de Lima

Portuguesa:
Marcos Leandro, Tiago (Mineiro), Andrezinho, Márcio e Alan; Beto, Digão, Muniz e Guido (Renan); Bruno Andrade (Dimba) e Alex Alves.
Técnico: Marcelo Buarque

Villa Rio:
Marquinhos, Diego (Antônio), Vandinho, Ivo e Anderson; Argeu, Vinícius (Charles), Hiroshi e Hernandes; Sassá (Dieguinho) e Wagner
Técnico: Johnny.>

domingo, 23 de agosto de 2009

JUNIORES - Portuguesa arrasa União Central na estreia

< A equipe de juniores voltou a disputar uma competição oficial nesta quarta feira no estádio Luso Brasileiro.

Os meninos da Portuguesa estrearam na OPG (Otávio Pinto Guimarães) vencendo muito bem o União Central por 7 a 1.

O primeiro gol da Lusa foi marcado pela atacante Willian e o segundo pelo meia Tiago Magé. O primeiro tempo terminou 2 a 0 a favor da Portuguesa Carioca, que foi se acertando e entrosando durante o decorrer dos 90 minutos.

No segundo tempo o time comandando pelo técnico Baiano voltou com todo o gás e com menos de 2 minutos marcou 2 gols. Na saída para o segundo tempo Baianinho fez 3 a 0 e novamente Willan marcou mais 3 vezes fazendo o quarto, o quinto e o sexto dos donos da casa.
O União Centra descontou após o quinto gol da Portuguesa, fazendo 5 a 1.

Pra fechar o placar, Bruninho fez o sétimo da Lusa.

Neste sábado a Lusa ficou de folga e pega agora (quarta feira) o América no Giulite Coutinho às 13 horas.

Grupo 4 da Opg:

Portuguesa, América, União Central, São Cristóvão e Nova Iguaçu. >